Verão, chuvas e muito calor, clima prefeito para proliferação de mosquitos! Então vamos lembrar alguns cuidados que visam prevenir as picadas, assim como orientações sobre repelentes:


Evitar o uso de vestimentas coloridas e agarradas ao corpo, preferir roupas compridas que conferem maior proteção; evitar o uso de perfumes e cosméticos com fragrâncias fortes, que atraem mosquitos; lembrar que o mosquito ataca mais nas primeiras horas da manhã e no final da tarde, manter janelas e portas fechadas nesse período, assim como utilizar mosquiteiros e telas. Resfrie o ambiente com ar-condicionado e ventilador, isso espanta o mosquito.
O repelente não deve ser aplicado sob as roupas, o produto deve ser usado somente nas áreas que ficarão expostas. Não aplique mais de três vezes ao dia. Pode causar intoxicação. Não aplique próximo das mucosas (olhos, nariz, boca). Lave as mãos após o uso. Não aplique nas mãos das crianças. Elas podem levar o produto à boca.
Não durma com repelente. Tome um banho para remover o produto antes de dormir.
Outro detalhe importante é que o mesmo deve ser usado após a maquiagem, hidratantes, protetor solar, entre outros cosméticos, ou seja, sempre o último produto a ser aplicado na pele!
Atenção: crianças até 6 meses de idade não podem usar repelentes!
As gestantes devem usar repelentes desde o inicio da gestação.
Repelentes elétricos (que liberam inseticidas) são úteis para reduzir a entrada dos mosquitos. Coloque-os sempre próximos de portas e janelas. O uso de inseticidas mais fortes deve ser sempre orientado por profissionais, uma vez que as mesmas podem trazer sérios danos a saúde. Lembrando que a febre amarela possui vacinação disponível na rede pública.

Dra Anja Carolina Antunes

dermatologista