Alopecia areata é uma doença inflamatória que provoca a perda de pêlos, frequentemente vista em falhas circulares localizadas no couro cabeludo e barba. A extensão dessa perda varia, entre poucas regiões afetadas até raros casos de alopecia areata total, nos quais o paciente perde todo o cabelo da cabeça; ou alopecia areata universal, na qual caem os pelos de todo o corpo.

A alopecia areata não é contagiosa! Fatores genéticos e autoimunes estão envolvidos e questões emocionais, traumas físicos e quadros infecciosos podem desencadear ou agravar o quadro. A evolução da alopecia areata não é previsível.  O cabelo sempre pode crescer novamente, mesmo que haja perda total. Isto ocorre porque a doença não destrói os folículos pilosos, apenas os mantêm inativos pela inflamação. Entretanto, novos surtos podem ocorrer. Cada caso é único e deve ser acompanhado de perto por um bom dermatologista que saberá identificar a individualidade do caso assim como orientar o melhor tratamento.

Dra Ana Carolina Antunes 

dermatologista

 

2