Mogi das Cruzes recebeu novos estoques de vacina contra a gripe e irá retomar a campanha na cidade. A dose estará disponível no esquema drive-thru nesta quarta (1/4) e quinta-feira (2/4), no Pró-Hiper, com entrada pela avenida Cívica, e também em todas as unidades de saúde, das 8h às 16h30.

Nesta semana, o Governo do Estado incluiu os profissionais das forças de segurança e salvamento, como policiais civis e militares, polícia científica, bombeiros, forças armadas, guarda municipal e defesa civil, entre os grupos prioritários para atendimento nesta fase atual.

A vacina será colocada à disposição nas unidades de saúde mediante apresentação de documento ou comprovante da atividade profissional. “A medida está valendo desde segunda-feira (30/3), mas em Mogi estamos aguardando a reposição de estoques para ampliarmos a divulgação”, explica a chefe da Vigilância Epidemiológica, Lilian Peres Mendes.

Até o dia 15 de abril, a imunização estão disponível também para pessoas com idade a partir dos 60 anos e profissionais de saúde. Outros grupos serão assistidos a partir do dia 16.

O município já aplicou, até o momento, 43.789 doses de vacina contra a gripe. Deste total, 37.472 são idosos, o que representa 90% da cobertura vacinal esperada para a faixa etária, 6.063 profissionais de saúde e 254 profissionais das forças de segurança.

A vacina não previne a Covid-19, mas é muito importante porque pode ajudar a evitar a superlotação de serviços de saúde. Também pode ajudar os profissionais de saúde a identificarem a doença e indicarem a melhor forma de tratamento.

Óbito

Mogi das Cruzes recebeu nesta terça-feira (31/03) a confirmação do primeiro óbito de um morador da cidade por Covid-19. A vítima é um senhor de 69 anos com histórico de doença cardiovascular, incluindo hipertensão e diabetes, que estava internado desde o último dia 24 de março no Centro de Referência do Coronavírus no Hospital Municipal. Até o momento, o município registrou 265 notificações, das quais 26 casos positivos, 151 descartados (76 negativos e 75 sem coleta) e 88 aguardando resultados de exames.