Protetor solar aplicado, corpo protegido. É hora do banho de sol! Será mesmo? Que atire a primeira pedra a pessoa que nunca voltou da praia ou piscina com pelo menos uma parte do corpo avermelhada, sofreu com queimaduras e pensou: “como esqueci de passar protetor solar aqui?”

A dermatologista Vanessa Perusso conta que, “a principal área esquecida pelas mulheres é a região do decote, mas ainda são mais cautelosas. Já os homens se esquecem com mais frequência de proteger as orelhas, parte que fica diretamente exposta ao sol e sem a interferência dos cabelos longos, por exemplo”. De acordo com a especialista, a aplicação do fotoprotetor nas pequenas partes do corpo é tão importante quanto proteger os braços e pernas, já que essa barreira é essencial para manter a saúde e aparência da pele.

Para sair do esquecimento, Vanessa Perusso lista as partes do corpo que precisam de mais atenção na hora da aplicação do protetor solar:

  1. LÁBIOS

“Os lábios têm a pele superfina e com menos melanina que o resto do corpo, por isso possuem uma menor proteção natural contra a radiação solar e a luz visível, além de estarem na linha de frente da exposição aos raios ultravioleta”, alerta a expert. “Para evitar queimaduras e rachaduras, é essencial investir em protetores labiais com fotoproteção contra raios UVA e UVB. Além de prevenir os danos, ele também realiza a hidratação intensa da região e regenera lábios já sensibilizados”, orienta.

 

  1. NUCA

“A parte de trás do pescoço também costuma ser esquecida e é bastante exposta, principalmente por pessoas que têm o cabelo curto ou as que costumam prender os fios. Mas, mesmo quem usa as mechas soltas, precisa aplicar filtro solar na nuca para evitar o envelhecimento precoce da região, assim como o escurecimento da área”, pontua Vanessa.

  1. ORELHAS

“Muitas vezes as orelhas são cobertas por bonés, chapéus e até pelos cabelos durante a exposição ao sol. Contudo, isso não anula a necessidade da aplicação do protetor solar facial ou corporal na região. Mas geralmente isso só é percebido depois que a região já sofreu com os raios solares e está queimada. Por isso, ao passar o filtro solar no rosto, estenda para as orelhas na mesma hora.”

  1. PÉS

“Na praia ou piscina os pés ficam naturalmente expostos e cobri-los de areia não vai evitar o efeito dos raios solares. Por isso, depois de proteger as pernas e panturrilhas, desça a aplicação para o dorso do pé e para os dedos, que quase nunca são lembrados”. Desse modo, se evitam as queimaduras e a sensibilização da área que muitas vezes impedem até o uso de chinelos.

  1. MÃOS

“Por incrível que pareça, as mãos que aplicam o protetor solar em todo o corpo são bastante esquecidas. Esse cuidado é superimportante para evitar as manchas e envelhecimento da região. Uma boa dica é aproveitar o protetor solar facial para proteger também o dorso das mãos, já que muitas vezes essas fórmulas possuem benefícios de tratamento.”

1