Como em todas as festas, a comida está sempre presente nas comemorações. Além de ter importância fisiológica para nosso organismo, fornecendo nutrientes necessários para a sobrevida, é também um comportamento cultural.

Nas festas de fim de ano é muito comum nos depararmos com mesas recheadas de preparações. Mas por qual delas optar? Sabemos que as escolhas alimentares são influenciadas por hábitos alimentares, mas é importante manter alguns cuidados na hora da escolha.

Eis algumas orientações que podem ser levadas em consideração:

– Cuidado com os antepastos e entradas. Prefira as sementes oleaginosas (amêndoas, nozes, pistache) misturadas com frutas secas (uvas passas, damasco seco);

– Dê preferência às carnes brancas mais magras, como aves e peixes;

– Cuidado com os alimentos ricos em carboidratos, tais como: arroz, farofa e salada de maionese. Escolha um deles apenas, ou coloque pouca quantidade de cada um – se quiser comer mais de um tipo;

– Antes de tudo, não esqueça de fazer um prato de salada com folhas verdes e legumes. Assim a fome vai diminuindo;

– Antes de “atacar” os doces, sempre coma uma fruta e faça a opção por um tipo de sobremesa;

– Atenção ao consumo de bebidas alcoólicas. Vá alternando os copos com água;

– O importante é entender que se ultrapassar os limites durante as festas, não vai compensar fazer jejum ou dietas “da moda”. Continue seguindo sua rotina de alimentação e os cuidados necessários dentro do que consideramos uma alimentação saudável.