As obras no Parque Centenário já começaram
As obras no Parque Centenário já começaram

A Prefeitura de Mogi das Cruzes vai investir R$ 5 milhões na reforma dos Parques Centenário e Leon Feffer. Os dois parques urbanos da cidade oferecerão novas opções de lazer, esporte e diversão aos cidadãos mogianos em 2014. No Centenário, a primeira etapa da reforma já começou, com a reforma das pontes e a manutenção geral de toda a estrutura. O parque receberá ainda um novo Kasato Maru, em alvenaria, no ano que vem. Já o Leon Feffer, em Braz Cubas, contará com um núcleo esportivo equipado com ginásio e pistas de atletismo.
No Parque Centenário, serão investidos R$ 1,5 milhão. A primeira parte já teve início esta semana, com uma reforma total na estrutura do parque. O secretário municipal de Obras, Claudio Rodrigues, explica que a Prefeitura está investindo R$ 500 mil em uma manutenção geral: as pontes já estão recebendo reparos; os banheiros terão reforma hidráulica, elétrica e pintura; o piso ganhará melhorias e o espaço passará por uma grande limpeza e corte de mato. As quadras terão os alambrados substituídos.
O Centenário receberá o novo Kasato Maru, em alvenaria, com 200 metros quadrados. Ele terá uma nova concepção arquitetônica, mas remetendo os visitantes às tradições japonesas. O novo Kasato Maru terá boxes onde os visitantes poderão comprar produtos e souvenirs sobre a imigração japonesa, por meio de uma parceria com a Coordenadoria Municipal de Turismo.
Nesta segunda etapa, também será construído um novo torii na entrada do parque. As churrasqueiras – muito utilizadas pelas famílias aos finais de semana – receberão cobertura. Além disso, toda a sinalização e placas do Parque Centenário serão renovadas.

Leon Feffer
Outra importante obra será realizada no Parque Leon Feffer, com investimento de R$ 3,5 milhões. Mogi foi um dos 268 municípios brasileiros contemplados no projeto Centro de Iniciação do Esporte (CIE), do Ministério dos Esportes. Com isso, a cidade vai receber um núcleo para a prática de judô e atletismo,que poderá ser usado em outras modalidades. Serão construídos um ginásio coberto, com capacidade para 170 pessoas, além de pistas que permitem o treinamento de atletismo – cinco raias para corridas de 100 metros, área para lançamento de martelo e caixa de saltos.