É com muito pesar que a Associação Cultural de Mogi Das Cruzes (Bunkyo) comunica o falecimento do líder rural e importante representante da colônia japonesa, Kiyoji Nakayama, de 71 anos, na tarde desta quinta-feira (06/07). Ele estava internado para tratamento médico contra um câncer de pulmão no Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), em São Paulo.

Kiyoji deixa a esposa Liria Nakayama, dois filhos Dárcio e Henry Nakayama e três netas Lana, Lara e Laise. O velório e o sepultamento serão realizados no Cemitério Parque das Oliveiras, ainda sem definição de horário.

Natural de Mogi das Cruzes, ele presidiu o Bunkyo mogiano entre os anos de 2005 e 2012, retornando ao cargo entre 2015 e 2016. Atuou como integrante do Conselho Deliberativo da entidade e representou Mogi das Cruzes como diretor regional do Bunkyo São Paulo entre 2009 e 2014. Atualmente, era secretário-adjunto na Secretaria de Agricultura de Mogi das Cruzes.