O comércio de Mogi das Cruzes terá bolsões de drive-thru para minimizar os impactos da Fase Emergencial do do Plano São Paulo, que proibiu a retirada presencial de produtos em estabelecimentos comerciais, incluindo alimentos. O serviço de drive-thru está permitido entre às 5 e 20 horas. Já o delivery para restaurantes e outros comércios pode ocorrer durante 24 horas. No período, as lojas de material de construção devem permanecer fechadas.

 

Os bolsões serão implantados nas ruas Paulo Frontin, Professor Flaviano de Melo e Capitão Manoel Rudge, na região central; e nas ruas Doutor Deodato Wertheimer e Thuller, em Brás Cubas. Outros endereços em César de Souza e Jundiapeba serão divulgados nos próximos dias.

 

A iniciativa foi decidida após uma reunião entre o prefeito Caio Cunha, o secretário de Desenvolvimento, Gabriel Bastianelli, a presidente da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC), Fádua Sleiman, e o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e Região (Sincomércio) e representante da Câmara de Dirigentes Lojistas de Mogi das Cruzes (CDL), Valterli Martinez.

 

A fase emergencial terá início no dia 15 de março (segunda-feira) e seguirá até o dia 30 de março.

 

A proposta é reduzir as aglomerações no transporte público. O Governo Estadual recomenda o escalonamento do horário de entrada dos funcionários, nos quais, a indústria das 5 às 7 horas, serviço das 7 às 9 horas e comércio das 9 às 11 horas. O tele-trabalho passa a ser obrigatório para escritórios de serviços não essenciais, incluindo órgãos públicos.

 

A implantação da fase emergencial não altera o funcionamento dos estabelecimentos essenciais, como farmácias, supermercados e postos de combustíveis, que podem continuar operando normalmente. Foi instalado ainda, o toque de recolher entre às 20 e 5 horas. A nova reclassificação do Plano São Paulo prevê restrições para 14 atividades, o que restringirá a circulação de 4 milhões de pessoas. A Prefeitura de Mogi deverá publicar um decreto seguindo as determinações estaduais.