Vários fatores contribuem para uma boa noite de sono
Vários fatores contribuem para uma boa noite de sono

Bom para a pele, memória e aparência física, o sono também é um forte companheiro para uma vida mais longa. Segundo reportagem de abril deste ano do site O Globo, um estudo feito em 2010 pelas universidades médicas de Warwick e Nápoles, publicada no periódico “Sleep”, revelou que dormir menos do que seis horas aumenta em 12% o risco de morte prematura. Além do pouco tempo de descanso, a posição incorreta durante o repouso pode gerar dores lombares, cervicalgias (dores na região da coluna cervical), torcicolos, escoliose (encurvamento anormal da coluna vertebral) e até mesmo hérnia de disco (lesão dos discos que compõem a coluna vertebral).

Segundo Giuliano Martins, diretor regional da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRC) e proprietário do ITC Vertebral Ribeirão – instituto especializado no tratamento de lesões na coluna – é muito simples se prevenir. “O melhor é se sentar, em seguida colocar-se deitado de lado com os joelhos flexionados e um travesseiro entre as pernas. Ao acordar, a pessoa também precisa estar de lado, colocar as pernas para fora da cama se sentar e, posteriormente, sair da cama. Sem esquecer de se espreguiçar e sempre fazer alongamentos”, diz.

Martins explica ainda as melhores maneiras para aumentar o conforto. “Os travesseiros necessitam de uma altura mediana que preencha o espaço entre a cabeça e o colchão, que, se for de espuma, deve ter a densidade adequada ao peso da pessoa. No caso de casal, prevalece a massa do mais pesado. No caso dos de mola, é preciso que estejam ensacadas, conclui”.