Festeiros e capitães de mastro com o padre Thiago Fragoso, na Coroa do Divino do mês passado

 

A aproximadamente 200 dias da Festa do Divino Espírito Santo, os festeiros e capitães de mastro falam sobre a expectativa deles para a realização deste evento religioso e cultural mais tradicional do Brasil, diante de uma pandemia, que ora se agrava, ora dá sinais de que vai passar. Os festeiros são Ricardo Lima da Costa e Denise Rezende da Silva e os capitães de mastro são Eduardo Ferreira Rego e Milena da Costa Freire Rego. A Festa do Divino ocorrerá de 26 de maio a 5 de junho, sob o tema Divino Espírito Santo, fazei de mim um instrumento de vossa paz.

 

“Diferentemente das demais festividades, nestes últimos dois anos, a nossa festa não deixou de existir, pois celebramos Pentecostes, e o Espírito Santo sempre está conosco! Neste contexto, cabe a nós ter a sensibilidade para moldar o formato possível de celebração que, com responsabilidade pela saúde e vida de nossos irmãos, poderemos organizar. Enquanto houver uma vida em risco pelos efeitos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), manteremos nosso questionamento se é viável submeter os fiéis ao mínimo risco de contaminação”, destaca o festeiro Ricardo.

 

A preocupação deles se dá num momento em que a média móvel de contaminação cresce diariamente e os órgãos de imprensa noticiam que não há perspectiva de queda. “Infelizmente, voltamos a nos deparar com a notificação de falecimento de mais de mil brasileiros num mesmo dia por esta causa, de acordo com o Ministério da Saúde. Embora a vacinação esteja avançando positivamente, entendemos que não devemos renunciar às ações preventivas: uso de máscaras e higienização. E por estas indicações, temos adotado uma posição muito conservadora quanto aos eventos em que a alimentação se faz presente, já que por motivos óbvios impede que as pessoas façam o uso das máscaras”, observa o festeiro.

 

Por esta razão, neste mês o Chá-bingo, que, normalmente ocorreria logo na sequência da 7ª Coroa do Divino, foi cancelado. “Incentivamos que as pessoas participem da reza da Coroa no dia 12 (próximo sábado), às 15 horas, na Associação Pró-Festa do Divino, pelo formato online”, convida Ricardo.

 

A missa mensal em preparação da Festa do Divino, contudo, está confirmada para o dia 21 (segunda-feira) às 19 horas, a ser celebrada pelo Monsenhor Antonio Robson Gonçalves na Catedral de Sant’Ana.

 

“Nossa mensagem final é para que os devotos não percam a fé nas providências do Divino Espírito Santo! Tudo ocorrerá de acordo com Sua vontade, assim como pedimos a cada vez em que rezamos a oração do Pai Nosso e renovamos nosso compromisso!”, pede o festeiro Ricardo.

 

A Associação Pró-Divino está localizada na avenida Francisco Rodrigues Filho, 1.232, no Mogilar. Acompanhe as notícias sobre a festa nas redes sociais Facebook (@festadodivinodemogidascruzes) e Instagram (@divinomogi).

 

1