O prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, inaugurou na manhã de sábado (29/9) a Escola de Empreendedorismo e Inovação (EEI), um equipamento da Secretaria de Educação, que também contará com espaços dedicados ao Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes e parceiros, como o Sebrae-/SP. O objetivo é oferecer qualificação voltada para o empreendedorismo de inovação e a indústria 4.0, fomentando o comportamento empreendedor, em especial para os jovens da cidade. A unidade contará inicialmente com o andar térreo, que possui salas de aula e área administrativa e os espaços para cursos do Fundo Social.

“Com esta escola, estamos dando o primeiro passo para mudar a vida de muitas pessoas. Trabalhamos todos os dias para tornar Mogi uma cidade cada vez mais atrativa para as empresas, o que gera empregos e desenvolvimento para nossa cidade. Este é um espaço que irá preparar os mogianos, em especial os jovens, para as novas oportunidades que estão surgindo na economia”, disse o prefeito Marcus Melo, que destacou o empenho para a vinda de novos cursos para este segmento, junto ao Governo Estadual.

Os alunos encontrarão na EEI um formato inovador de ensino, o trabalho será conduzido de maneira que sejam mais autônomos e criem sua própria trilha de conhecimento. “Este é um marco na área educacional da nossa cidade. Temos aqui nesta escola uma educação pensada para o futuro da nossa cidade. Para se ter boas ideias não é preciso ter idade ou ser empreendedor, é preciso direcionamento e capacitação”, destacou a secretária de Educação, Juliana Guedes.

A Escola de Empreendedorismo e Inovação atuará junto ao Polo Digital, iniciando a capacitação dos jovens sobre a cultura startup e inovação. “Mogi tem uma economia muito dinâmica com diferentes segmentos já consolidados e fortes. Estamos criando na cidade um ambiente favorável para novos negócios e investimentos na área de tecnologia, cultura e turismo. Cabe ao poder público mostrar as oportunidades e apoiar os empreendedores”, disse Melo.

O Sebrae-SP ocupa a sala de atendimento ao empreendedor, que durante o evento contou com a presença de starturps da cidade. O espaço na EEI amplia o atendimento da entidade na cidade. “Teremos todos os serviços oferecidos pelo Sebrae-SP. Com mais este equipamento, Mogi está numa situação singular no Estado e no Brasil no que se refere ao empreendedorismo e tecnologia”, disse Sérgio Gromik, gerente regional do Sebrae-SP. Estiveram presentes OrçaFacil, Magisteria, Bartos, myvillage e Nell Technology.

 

Fundo Social amplia seus cursos

O Fundo Social está presente na EEI com o Estúdio Culinária, Corte e Costura e Espaço da Beleza, espaços voltados para a capacitação dos mogianos, principalmente, os jovens. “Esse é mais um espaço para oferecer nossos cursos e ter mais gente se capacitando e se descobrindo nas áreas com terão contato. Faz parte do nosso trabalho despertar esse interesse, que transforma a vida das pessoas nos cursos descentralizados que realizamos em diferentes bairros da cidade. Vamos fazer um trabalho em parceria com o Sebrae-SP, para que os jovens aprendam a empreender”, disse a presidente do Fundo Social, Karin Melo.

A ampla e moderna estrutura da cozinha atraiu a atenção do público. Os primeiros cursos a serem oferecidos serão na área de gastronomia. A primeira turma deverá ter início no dia 15 de outubro. As inscrições serão divulgadas na próxima semana e inicialmente será atendido o público jovem. Também haverá cursos para os jovens atendidos pelo Acessuas – programa de acesso ao trabalho direcionado para a Assistência Social.

O prédio estará em pleno funcionamento no início do ano letivo, em fevereiro de 2019.

A Escola de Empreendedorismo e Inovação fica na rua Senador Dantas, 326, Centro. Para mais informações, o telefone para contato é 4798-5902.