O Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC) disponibiliza nesta semana o livro “Seis Décadas de História”, escrito pelo autor João Anatalino Rodrigues. A obra conta a importância do complexo esportivo e de lazer na história da cidade e faz um paralelo dos acontecimentos políticos e sociais do município nas últimas seis décadas. O CCMC completou 64 anos de fundação em agosto de 2021.

 

O livro “Seis Décadas de História” foi escrito em um semestre e teve como base de pesquisa arquivos pessoais, acervos históricos municipais, jornais e recortes de cronistas da época, além de entrevistas com associados. Para o autor da obra, foi um processo gratificante e inspirador.

 

“Fiz questão de voltar minhas pesquisas, primeiramente, aos arquivos históricos da biblioteca pública municipal, arquivos de época disponíveis em jornais da cidade, colunistas sociais que registraram momentos importantes do município e do Clube de Campo, bem como entrevistas com associados que frequentam até os dias de hoje o clube. Foram seis meses de inspiração e nostalgia para poder registrar seis décadas de atuação na cidade de um clube que tem sua história, muitas vezes, confundida com a história da própria cidade de Mogi das Cruzes”, argumentou Anatalino.

 

A edição comemorativa dos 64 anos de fundação do clube será distribuída gratuitamente, com o envio de um exemplar para cada associado (um livro por título). De acordo com Pedro Paulo Gonçalves, que foi o presidente do CCMC por dois biênios (2018-2019/2020-2021), a obra será um presente para que cada membro do Clube de Campo tenha a oportunidade de saber um pouco mais sobre as origens de um lugar tão tradicional do município.

 

“O livro sobre as seis décadas do Clube de Campo é um marco para todos que fizeram parte dessa história. Além dos associados, os exemplares ficarão disponíveis para imprensa, órgãos públicos e patrocinadores. É uma instituição fundada por pessoas fundamentais, que contribuíram para o crescimento tanto do clube quanto da cidade. Políticos, personalidades sociais e esportivas fazem parte desse elenco de figuras que ajudaram historicamente a chegarmos até aqui, com tantas conquistas, e por termos um nome tão respeitado em toda cidade”, destacou Pedro Paulo, que encerrou a gestão no dia 31 de dezembro de 2021.

Sobre o autor

Além de frequentador, João Anatalino Rodrigues conhece o Clube de Campo de Mogi das Cruzes desde a época de 1970. Presenciou de perto sua fundação e as pessoas que fizeram parte do processo de desenvolvimento estrutural da instituição.

 

Anatalino é nascido em Cunha-SP, mas cresceu em terras mogianas. Inclusive, detém o título de Cidadão Mogiano outorgado pela Câmara Municipal. Ele também é autor do livro sobre os 100 anos da Maçonaria em Mogi das Cruzes e, em 2022, lançará outra obra, sobre os 50 anos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) na cidade.