perfume dentro 0803

Existem pontos-chave para passar o perfume?

Para quem gosta de sentir (e, também, de que outros sintam o seu perfume), fica a dica: uma borrifada de cada lado do pescoço e em cada pulso. Pode-se, ainda, usar entre os seios.Quem prefere não sentir o próprio perfume deve passá-lo nos pontos mais distantes do nariz:  uma borrifada na nuca e uma borrifada atrás de cada joelho (na dobrinha da perna).

Qual a dosagem correta?

Sempre uma borrifada de cada lado, em pelo menos dois pontos do corpo, exemplo: pescoço e pulsos, pescoço e atrás do joelhos e assim por diante. Se o perfume for do tipo bem leve, pode-de passar um pouco mais, de duas a três borrifadas de cada lado. Para perfumes mais ostensivos e com presença marcante, fique com uma borrifada de cada lado, apenas.

O cheiro do perfume pode mudar de pessoa para pessoa?

Sim. Isto depende muito do tipo de pele (seca ou oleosa), da dieta alimentar, hormônios, temperatura corporal (que influencia diretamente na evaporação do produto) e se a pessoa toma algum tipo de  medicamento.

Qual a fragrância certa para cada hora do dia?

A fragrância certa é aquela que faz você se sentir bem, tomando o cuidado de não invadir o espaço das outras pessoas em ambientes fechados como cinemas, teatros, restaurantes e escritórios. Nada mais desagradável do que perder a concentração no teatro porque a pessoa ao seu lado passou aquele perfume com cheiro de melancia que você não suporta… Nestes casos, bem melhor optar por perfumes menos invasivos, confortáveis e numa quantidade menor, já que você pode sempre levá-lo na bolsa e reaplicar no banheiro se realmente achar que ficou muito discreto, ou ainda, no final do espetáculo.

Mulher pode usar perfumes masculinos?

Poder pode, isto depende da personalidade, de como ela está vestida. O perfume compõe um estilo e, se o estilo é despojado, por que não? Mas cuidado com as escolhas, os clássicos masculinos Fougere e Aromáticos ficam melhores na pele masculina, que é mais oleosa e aceita bem os perfumes mais duros, viris. Se for para escolher um masculino, melhor os mais andróginos, cítricos e leves. Aliás, este é um hábito das brasileiras.

Como escolher a fragrância certa?

Entre na loja ou fale com a revendedora, peça a ela para experimentar, no máximo, três perfumes em fitas olfativas (aquele papelzinho neutro que elas oferecem), sinta um de cada vez, vá dar uma volta por alguns minutos, escolha um ou dois que tenha gostado mais para passar na pele e, aí, decidir pela nova aquisição.  O perfume muda com o tempo, é importante você conhecer a personalidade dele após a saída inicial, pois é isto o que você realmente estará comprando. A saída do perfume dura cerca de 10 ou 15 minutos e é impulsionada e refrescada pelo álcool; depois deste tempo você tem melhores condições de perceber como o perfume realmente é. É importante também levar em conta seu tipo de pele: peles secas combinam mais com perfumes chipres, orientais. Peles oleosas, combinam muito bem com cítricos, aromáticos, florais frescos, frutais e assim por diante.

Esfregar os punhos após a aplicação modifica a fragrância?

Sim, altera a sua performance ao longo do tempo, mas não é nada que vá transformar seu perfume em outro; não há necessidade deste gestual.

Existe fixador em perfumes?

Não existe fixador ou algum ingrediente mágico que faça um perfume durar mais na pele. A harmonia de um perfume é o que o faz durar mais ou menos, assim como a lógica do tipo olfativo dele. Por exemplo, cítricos naturalmente tem uma durabilidade menor do que os orientais amadeirados, pois os ingredientes que compõem um perfume cítrico são mais voláteis e evaporam mais rapidamente do que as pesadas moléculas odoríferas das madeiras, da baunilha, das especiarias e assim por diante. A dosagem de essência em um produto também contribui com a sua permanência na pela, mas este aspecto isolado não garante uma longa durabilidade.

Historicamente, a busca pela fixação é algo mais recente e surgiu com a perfumaria americana, com Elizabeth Arden mais especificamente, que foi a primeira marca a comunicar que seu produto permanecia na pele por 24 horas. Ela acreditava que esta seria uma forma de trazer maior credibilidade à perfumaria americana, que não possuía a mesma herança da qualidade europeia.

Com Alessandra Tucci, sócia-fundadora da Perfumaria Paralela