Águia de Prata é bicampeã do Carnaval mogiano
Águia de Prata é bicampeã do Carnaval mogiano

 

O Grêmio Recreativo e Cultural Águia de Prata conquistou, na tarde desta segunda-feira (11), o segundo título consecutivo de campeã do Grupo Especial do carnaval mogiano. A escola venceu com 189,6 pontos, superando a Acadêmicos da Fiel que ficou com 189,2. A escola de samba Unidos de Sales foi a vencedora do Grupo de Acesso.
A apuração teve início às 14 horas no Tiro de Guerra. Uma nota rasurada no quesito fantasia invalidou as notas de um dos jurados, mas a apuração transcorreu de forma tranquila. Com esta vitória, já são seis campeonatos conquistados pela agremiação da Vila da Prata, que levou à Avenida Cívica o enredo “Da saliva dos deuses à peçonha da serpente, meu veneno é coisa pura….tanto mata quanto cura”.
O secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, presidiu os trabalhos e anunciou novidades para o próximo ano. “Em 2014 duas escolas descerão do Grupo Especial e duas do Grupo Acesso subirão ao Especial. É uma forma de que as escolas do Grupo Especial se esforcem para continuar apresentando um carnaval sério e responsável”.

União e superação na Avenida
O presidente da Águia de Prata, Mauro Rangel Vidal, destacou a importância da união da comunidade para mais esta conquista. “Levamos o carnaval a sério. O segredo é a união de todos, desde o folião até o profissional que trabalha nas alegorias. Tudo é feito na nossa escola na Vila da Prata e procuramos chamar profissionais de fora. Trouxemos neste ano, pessoas de Manaus, que trabalham no carnaval de Parintins”, contou.
A qualidade dos desfiles do Grupo de Acesso surpreendeu a todos. “Fiquei surpreso com a qualidade do carnaval apresentado pelo grupo de acesso, muitas escolas estão no nível de escolas do Grupo Especial”, comentou Sartori. No grupo, o final da apuração foi marcado pela emoção de Amanda Aparecida de Sousa, presidente da escola de samba Unidos de Sales, vencedora do carnaval 2013. A agremiação teve um carro alegórico queimado três dias antes do desfile. “Fizemos de tudo para ganhar. Superamos e reconstruímos o carro. Todos ajudaram. Fomos para o Grupo Especial e de lá não vamos sair”, disse.