O domingo chegou e o meu rola light. Ando bem Zen ultimamente para atravessar o momento atual sem grandes traumas…rs…com a consciência de que posso realizar a coisa da maneira como tem que ser feita de uma maneira mais interativa me cercando de pessoas que possam somar comigo na nova empreitada. Tenho ótimas ideias e para colocá-las em prática sei que preciso me cercar de pessoas que acreditam em meu trabalho e, graças a Deus, há muitas e são elas que tem me incentivado a continuar acreditando no potencial do Caderno W, que por sinal, é camaleão como eu, está presente no Oi Diário, as quintas, não sai nunca de cena, só se reinventa, e agora com o apoio maravilhoso da Internet que me permite trabalhar em casa compartilhando  informação diferenciada. Como faço agora. Gosto de ir ao Varejão da Cobal aos domingos pela manhã, acho um programa terapêutico, revejo amigos, e é para lá que sigo daqui a pouco postando no Instagram e no Face cenas de um acontecimento onde se vende de tudo um pouco,  verduras, legumes,frutas, peixaria, flores e barracas de comidas. Estive na sexta-feira na feira noturna que ocorre lá, no espaço coberto, que segundo o amigo, Alfredo Palência, vai passar por uma reforma de alguns meses e a logística tanto da feira como das demais barracas  que ficam em cima terão de se espalhar ao redor. Pra tudo se dá um jeito. E movido pela joie de vivre desejo a todos um domingo pleno de amor.