E não é que o tempo já está mudando. O céu está coalhado de nuvens e venta um pouco. Sinal de mudança de tempo. Que venha a chuva, afinal, a natureza e os nossos pulmões pedem uma umidade maior do ar que anda muito seco ultimamente. Com Internet em casa posso me dar ao luxo de trabalhar daqui. Só vou mesmo hoje para a cidade para pegar as fotos do final de semana para publicá-las no portal. Segunda também é o dia que reservo para redigir o editorial do Caderno W. Quando a noite inicia sento-me ao laptop e a inspiração, muitas vezes misturada à transpiração…rs..surge espontaneamente e o trabalho que tenho é só o de materializar as palavras. Não é nem preciso dizer que as ideias fervilham em minha cabeça. Hoje pela manhã conversei com o editor executivo do livro W Crônica de um Tempo, Robson Regato, que me comunicou que o livro chega hoje da gráfica e vem direto aqui para casa, onde tenho espaço para armazena-lo. Confesso, estou ansioso para ver o livro depois do recall. A partir de agora o livro W Crônica de um Tempo polarizará ainda mais as atenções culminando com a grande festa que estou alinhavando para o dia 18 de outubro próximo no salão do Clube de Campo. Adelaide Gomes já está trabalhando comigo na execução do evento que tem como mote, FAMÍLIAS AO LONGO DA HISTÓRIA. Uma festa realmente em grande estilo com a participação das famílias e dos amigos que enfeitam o livro W Crônica de um Tempo. Um projeto ousado como o W merece ser celebrado com festa black-tie e a sociedade agradece a oportunidade que crio de desfrutar uma noite temperada com glamour, bom gosto, sofisticação e sobretudo joie de vivre dos convidados que fazem da festa a sua melhor terapia. Estou me programando para permanecer em São Paulo, três dias da próxima semana, para convidar os amigos paulistanos, um time seleto de personalidades, para a festa do livro W Crônica de um Tempo. Trabalho é o que não falta. (WD)