A DOR DO OUTRO COMO SE FOSSE NOSSA: ” Faz parte da natureza humana sentirmos dor quando coisas ruins nos acontecem, mas não doi tanto quando se trata da dor dos outro. ” Amar ao próximo como a si mesmo” inclui sentir a dor dos outros como se fosse nossa, porque é assim que encontramos inspiração para fazer o que for preciso para ajudar nosso semelhante. Viver a verdade espiritual de que somos uma só alma significa assumir responsabilidade por tudo o que acontece com os outros. Podemos realizar grandes coisas quando começamos a perceber a dor do outro como se fosse nossa”. Yehuda Berg