Bonjour! E desfruto o segundo domingo em Paris. Feliz. Acordei por volta das 7 horas tomei café com o amigo Lire de Sales, um ótimo companheiro de viagem, mais que amigo, irmão, ele foi para a Tranoi Preview e eu daqui a pouco, sem pressa, tomo uma ducha, estranho um pouco o fato de ter de segurá-la com as mãos, dentro de uma banheira. Desconfortável. O nosso chuveiro é bem melhor. Acho que tem a ver com o francês que como bem sabemos não é chegado muito a banhos constantes. O domingo ao contrário de ontem amanhece ensolarado. Pela janela do apartamento observo a rua lá embaixo e, como em qualquer cidade do mundo, é um dia sem muito carro e gente. O verão aos poucos vai mostrando a sua cara. Já estou me virando e muito bem, diga-se de passagem, me identificando com a cidade, com o bairro onde moro, ando de Metrô, faço as devidas conexões e treino um pouco o meu parco francês. Vivendo e aprendendo a viver. Esta viagem à Paris, há muito desejada, se materializa dentro do espírito que havia imaginado. Aqui tenho mais tempo para pensar na vida, no bom sentido, e dela tirar boas conclusões. A Kabbalah tem me ensinado a ser cada vez menos reativo e isto de certa maneira me faz repensar as coisas que ocorreram e ocorrem em minha vida e que não precisam de maneira alguma serem negativas. O relacionamento com os amigos é uma delas. O reconhecimento das qualidades dos amigos, tenho muitos e pretendo resgatar outros, e relevando as falhas que todos tem, eu, inclusive. O gostar gera uma energia restauradora. Estou muito bem em Paris, mas confesso, já estou com saudade da minha boa vida em Mogi, da minha rotina e da companhia dos amigos. Não me desliguei da produção do livro W Crônica de um Tempo e tenho me comunicado com o Robson Regato quase que diariamente. Redigi  mais alguns textos de festas que realizei. Como pode-se perceber estou em Paris unindo o agradável ao útil. Pensando na vida, me divertindo, trabalhando e o que é mais importante tentando ser um ser humano um pouco melhor a cada dia. Creio que viemos a este mundo com esse objetivo. Para todos um domingo iluminado. A bientôt. (WD)