Quem acompanha o meu trabalho ao longo das décadas sabe que sempre fui de comentar os deslizes que ocorrem em sociedade sem dar nomes aos bois… e esses comentários sempre repercutem muito. Quando trabalhava no Diário, criei personagens que causaram efervescência, como a Cabeluda do Socorro, a Candinha da Estância, a Dama de Lilás, e por aí afora. No Mogi News o Sal&Pimenta fez o maior sucesso. Com o advento do Caderno W fiquei mais brando…rs…e agora acho que é o momento de reativar os comentários mais apimentados, uma espécie de sátira social que desperta a curiosidade nas pessoas que ficam imaginando do que ou de quem se trata. Nos Anos 80 quando alguém escorregava na casca de banana…rs…eu dizia que a mesma estava indo para a geladeira, de onde poderia sair quando mudasse de comportamento…rs…agora, se a escorregada fosse daquelas que não tem conserto, ia direto mesmo para a Sibéria, de onde não há retorno…rs…