Eu vivo e convivo em sociedade há quase quatro décadas. Olha, que é tempo. No quesito experiência, modéstia a parte, sou PHD. O tempo forjou  uma personalidade observadora e realizadora. Estou sempre me reinventando. E assim vou consolidando uma trajetória pautada pelo trabalho que se lapida com o passar do tempo tornando-se referência e formando opinião. A festa do W, por exemplo, me proporciona a oportunidade de vibrar positivo e atrair a atenção de quem vive e convive em sociedade, com alegria ampliando as boas energias e optando por desfrutar momentos diferenciados. A festa black-tie que alinhavo para o dia 18 propicia às pessoas a oportunidade de saírem do lugar comum numa noite pautada pela beleza, bom gosto e elegância. Os amigos que prestigiarem o evento estão, sem dúvida, se prestigiando. Afinal, merecem um festão. E vamos que vamos. (WD)