Acordo nesta quarta-feira com a sensação de dever cumprido. Eu explico. Desde que assumi integralmente o comando do Caderno W, e vai completar um ano, os desafios tem sido muito grandes e o mais relevante é que os tenho tirado de letra…rs…não tão bem de letra…rs… porque o trabalho triplicou. Haja fôlego e disciplina. A festa dos 41 anos de colunismo social, realizada com sucesso no La Vince, foi o primeiro desafio. E o segundo, sem dúvida, está sendo produzir a Feijoada do Willy 2017. Cuido de todos os detalhes com o maior carinho- conto com o apoio logistico de Messias Venturine- e o evento ganha consistência, despertando nas pessoas a vontade de vestir a camiseta- Cidinha Menichelli me auxilia na distribuição- e participar de uma tarde memorável em todos os sentidos. O lugar é lindo, o Mirante do Paraíba, na beira do Rio Paraíba, o Valdir Stilhano é quem vai preparar a feijoada, a cerveja, bem gelada, da Itaipava, parceira de quase 2 décadas, música de primeira, e recheada de gente bonita e animada de todas as idades. Ontem, fui almoçar na casa dos queridos amigos, mais que amigos, irmãos, Cidinha e Roberto Pires, que sempre me acolhem com carinho. E vestiram a camiseta da feijoada- emocionado com tanto carinho e apoio, acabei não fotografando, lerdo…rs… e de lá liguei para amigos e rapidinho  montei uma mesa e já tem outra em formação. Uma coisa eu percebo, a energia da Feijoada do Willy 2 017 está muito boa, contagiante. E o fato de eu doar parte da renda do evento para o Lar Escola confere um brilho extra ao acontecimento, fica mais iluminado. E as atitudes dos amigos formam uma corrente da mais pura positividade. E nela navego e o universo se encarrega de colocar tudo em seus devidos lugares. É preciso paciência, disciplina e determinação para se conquistar o que se deseja. Eu tenho experimentado isso e com uma enorme satisfação. Não há sensação melhor do que ultrapassar os obstáculos e ter a consciência de que são relevantes para o aprimoramento material e espiritual. E nessa vibe desejo uma quarta iluminada a todos os amigos e webleitores espalhados pelos quatro cantos do mundo.