Acordo na quinta-feira pensando com os meus botões, como sou um idiota ao me deixar envolver emocionalmente com os fatos políticos, melhor, com as decisões, como a de ontem no STF, o julgamento do Habeas Corpus para o molusco…rs…Claro, como jornalista e cidadão resolvi assistir ao espetáculo, mas desisti, antes do final e fui dormir, fiz um “programa” melhor. Claro que acordei de madrugada, lá pelas 3 horas, com a desculpa de ir ao banheiro e dei uma ligada na televisão para saber o resultado. Confesso, não me surpreendi. Era o que muitos previam. Melhor, uma apertada vitória, do bom sendo e da justiça, do que o contrário, que estaria contaminando a nossa mente com o desanimo, com a sensação de fracasso, de retrocesso, e não é isso que queremos para o nosso Brasil. Trabalhamos, pagamos impostos, e sonhamos um dia chegar ao nível de uma Suécia, tive a satisfação de conhecer Estocolmo, em 2010, país com alto nível de qualidade de vida. A esta altura do campeonato se pudesse moraria lá…rs… Do país só não gosto do inverno rigoroso. O nosso está de bom tamanho…rs…Com o advento da Lava Jato, a corrupção está sendo revelada e devidamente banida, aos poucos, como estamos percebendo, agora com a possível prisão do meliante Lula. As mentiras não ficam encobertas.  Agora, a dúvida é quando Sérgio Moro vai coloca-lo atrás das grades.  Ninguém está acima da justiça. Errou tem que pagar. E, se comprova, que ninguém é melhor do que ninguém.  Almejo um Brasil mais civilizado.  Aos poucos a limpeza ocorre e espero estar vivo para presenciar um novo momento, pautado por valores mais justos. Evoluir é preciso. E, voltando a realidade…rs…desce do livro Alice…rs…a vida continua, com a prisão de Lula, daqui a pouco nem vamos mais ouvir falar dele…rs…como ocorre com Eduardo Campos, Sérgio Cabral, Antonio Palloci e muitos outros.  A vida continua.  Agora parto para uma nova etapa da Feijoada do Willy 2018. A Scudo, de Jamal Arman, faz a primeira impressão da camiseta nesta sexta- a malha chegou do sul na segunda e descansa 4 dias antes de ser cortada-  e aí então dou inicio ao trabalho de divulgação, com a participação dos amigos  vestindo-a, fazendo selfie e enviando para o Caderno W. E poderá ser reservada com Manira Andery, Cidinha Mennichelli e Rose Odashima,  e também artravés do portal, a Dotstore, especialista no assunto, possibilitará isso, polarizando a atenção do público que consome festa bonita. Modestia a parte, sou um especialista no assunto. Quem tem frequentado os meus eventos percebe o quanto são produzidos com profissionalismo.  Não é à toa que a Feijoada do Willy está há 22 anos no ar…rs… Nos dois últimos, faço questão de observar, sob o meu comando, integralmente, ficou melhor ainda. Comprovo que o olho do dono engorda a boiada…rs… A experiência do ano passado no restaurante Mirante do Paraíba, foi um sucesso. A deste ano, adianto, rolará melhor ainda. Devidamente burilada em todos os sentidos. Quem viver, verá.