Aprendo com a Cabala que sair da zona de conforto sempre gera uma nova experiência. E é o que mais eu tenho feito ultimamente no sentido de evoluir feliz. Ontem por exemplo, sai da rotina, estiquei à São Paulo, dei uma volta pelos Jardins, me encontrei com Vanessa Andere e Gabriel Grinberg, no Santa Luzia, e depois celebramos o Shabat no Kabbalah Centre, na Al. Itú, e participamos de um jantar durante o qual Esther Shani falou sobre as influências de Aquario neste início de ano. Deixei o Kabalah Centre passava da meia-noite. Confesso completamente energizado, protegido por forças angélicais. Dormi embalando bons sonhos e hoje pela manhã me programei para tomar o café no Sr. Café. É um programa delicioso que as pessoas deveriam fazer de vez em quando. Tudo lá é bom. Para mim é o melhor café da manhã de Mogi. E já no Caderno W compartilho as minhas impressões do jeit0 que pretendo fazer em Paris nos meses de junho e julho. Livre, leve e solto. Enquanto Roberta Regato não chega para trabalharmos em cima do livro W Crônica de um Tempo, tenho a satisfação de registrar momentos vividos. É muito bom estar vivo, com saúde e embalando sonhos. Agradeço ao Criador por essas bençãos.