Eu celebro a vida.  2017 está terminando e o balanço que faço do ano é extremamente positivo. Quando se tem a consciência de que tudo passa e muito mais rápido do que se imagina se aproveita melhor a vida. Por isso, como colunista social, há mais de 42 anos,  coleciono bons momentos e tenho a missão de registrar momentos relevantes na vida dos amigos que o universo tem colocado em meu caminho, tornando-o mais agradável, mais desfrutável. Acordar no dia 30 respirando a gratidão é uma sensação restauradora. E nessa vibe faço questão de externar o meu merci a cada um dos amigos, e amigos de amigos, do webleitor, pelos votos de Boas Festas que venho recebendo há alguns dias. Sinto-me acarinhado. Quer melhor energia que essa para entrar em 2018 positivamente? Eu me considero um felizardo neste sentido. Que venha 2018 com os seus desafios.