O verão pede pés livres e à mostra em sandálias ou calçados abertos, mas também alguns cuidados para mantê-los saudáveis. O calor e a transpiração em excesso podem provocar o surgimento de fungos e bactérias, causando frieiras e micoses. “Para evitar essas complicações, os cuidados básicos devem ser observados, já que envolvem a higiene diária, como secar bem entre os dedos após o banho, fazer a troca diária da meia, bem como usar modelos de algodão, que absorve melhor a transpiração, e fazer rodízio dos sapatos”, afirma Maria de Lourdes Pinheiro, podóloga e coordenadora técnica da Doctor Feet, rede especializada em serviços de podologia, manicure e venda de produtos médicos, ortopédicos, bem-estar e saúde.

 

  • Cuidar dos pés o ano todo

 

Muita gente só se lembra dessa parte do corpo na hora de calçar uma sandália e descuida da saúde dos pés o ano todo. “Responsáveis por nos sustentar durante todo o dia, eles nem sempre têm o devido cuidado para suportar a correria do dia a dia. Por isso, vale observar qualquer alteração na coloração das unhas, ressecamento ou surgimento de bolhas, assim como fazer uso de produtos específicos e manter uma alimentação balanceada”, recomenda a podóloga.

 

  • Faça rodízio dos calçados e das meias

 

Usar sempre o mesmo calçado é um erro comum em qualquer época do ano, mas no verão os pés transpiram ainda mais, por isso, o recomendado é alternar os calçados e deixá-los em local arejado após o uso. Outro erro comum no verão é dispensar o uso das meias. “Dê preferência aos modelos de algodão; eles absorvem melhor o suor dos pés, melhorando o conforto para a prática de exercícios”, aconselha.

 

  • Atenção com o corte das unhas

 

Pode parecer algo corriqueiro e sem importância, mas o corte das unhas feito de forma inadequada pode causar complicações, como encravamento ou inflamações. “Deve ser feito em linha reta para evitar que fiquem encravadas, sendo o mais indicado o uso de um cortador para este fim e depois lixar com a parte menos áspera da lixa as pontas afiadas. Nunca corte a lateral e nem as deixe muito curtas, caso tenha muita dificuldade, o ideal é procurar um profissional de podologia para que proceda da melhor maneira”, ressalta a especialista.

 

  • Evite andar descalço em locais públicos

 

Esse é um erro comum, especialmente nessa época do ano. “É necessário estar com o calçado, principalmente na praia, onde há maior incidência de parasitas, como Tunga Penetrans (causador do bicho de pé)”, avisa a especialista.

 

  • Visite o podólogo regularmente

 

Os cuidados simples e do dia a dia trazem a longo prazo grandes benefícios e se aliados ao tratamento mensal de podologia, por exemplo, ajudam a manter os pés sempre saudáveis. Na Doctor Feet, o tratamento envolve a avaliação e a queixa do cliente para então ocorrer a aplicação das técnicas profissionais, que pode ser de assepsia e emoliência, sem esquecer o corte técnico de unhas. “Também, fazemos a limpeza de calos e calosidades, e da onicofose, aquela “pelinha” que fica no canto das unhas causando incômodo e dor. Ao final, o profissional utiliza o creme de Hidratação Profunda, produto exclusivo da rede, deixando os pés hidratados e macios, proporcionando maior conforto e sensação de alívio e bem-estar”, finaliza.

1