Uma boa alternativa para quem não gosta ou não pode ficar exposto ao sol são os autobronzeadores. Mas, muitas vezes, conseguir um bronze impecável não é uma tarefa fácil. Para desmistificar o uso desse produto, confira as dicas abaixo, dadas pela especialista Nicole Rossato.

 

Dicas para um bronze perfeito:

1 – Para evitar manchar a palma das mãos, use luvas descartáveis na aplicação e no final retoque as mãos.

2 – Para um efeito natural praia, após aplicar no corpo todo, pegue um lencinho umedecido de neném e retire o produto somente na parte interna do pulso, simulando a linha de pigmentação que o sol dá.: mais branquinho na parte de dentro do braço.

3 – Para as marinheiras de primeira viagem ou para as mais desastradas, uma dica é passar um hidratante leve nos pés em torno de 1 hora depois de aplicado o autobronze. Isso evitará pigmentações desiguais. Há pessoas que preferem tiram o excesso com uma toalha levemente umedecida.

4 – Use um chumaço de algodão para espalhar o bronze no dorso das mãos ou para retocar pequenas áreas. Para pequenos detalhes, cotonete também vale.

5 – Errou na aplicação de alguma parte e não conseguiu consertar no dia seguinte? Use descolorante de pelos ou creme depilatório para retirar e aplique o bronze novamente.

6 – Quer bochechas coradas e ombros mais dourados? Pegue um algodão umedecido com bronze em spray ou um lenço autobronzeador e reforce de produto nessa área.

7 – Não se esqueça de usar protetor solar ao se expor ao sol. Autobronzeador não filtra os rais UV e não aumenta a proteção da sua pele. São apenas suas células mortas que estão bronzeadas, sua pele continua branquinha por baixo. Há a ativação de melanoidina e não de melatonina. Não confunda!

8 – Evite usar biquínis de lycra clara durante o procedimento, esse tecido já é naturalmente sensível, inclusive a sabão e sal do mar. Lingerie é uma ótima peça para usar nessa hora. Escolha uma calcinha pequena e mais justinha, a marca fica mais delicada e não aparece quando colocar o biquíni.