1kg acém em cubos grandes

5 cebolas

2 dentes de alho

1 pimentão verde

2 tomates

1 folha de louro

1 ramo de tomilho

1 pitada de cominho

2 xícaras de arroz cozido

1 chuchu

½ maço agrião

4 colheres de sopa de azeite

1 limão galego ou da sua preferência

6 quiabos

2 ovos

1 lata de pilsen

 

Em uma panela de pressão, dourar intensamente o acém em 2 colheres de azeite e reservar. Cortar a cebola em fatias e refogar na borra que ficou na panela até ficar bem caramelizada. Nesse ponto, juntar o pimentão em fatias médias e o alho picado. Refogar em fogo baixo e juntar 2 tomates batidos no liquidificador.

Adicionar o acém, a cerveja e as ervas; deixar cozinhar em fogo baixo até que esteja macia sem desfiar. Ir completando de água se for necessário. Reduzir o caldo que sobrou na panela até a metade do volume e dividir em dois. Uma parte como molho do acém e outra usar para refogar o arroz em uma frigideira.

Preparar uma salada com o agrião e o chuchu descascado fatiado bem fininho e temperado com sal, azeite e limão. Tostar quiabos inteiros na frigideira seca. Em uma travessa, montar o arroz por baixo, o acém no seu molho por cima e guarnecer com quiabo tostado, a salada e os ovos fritos.

A receita é do chef Guilherme Gerard.