Nesta quarta, almocei na casa dos amigos queridos, Cidinha e Roberto Pires, aliás, a única casa que tenho frequentado, com assiduidade, como nos velhos tempos, nos últimos quase 40 anos. Comida maravilhosa e boas conversas. Saio de lá sempre energizado positivamente.  E hoje resolvi que ia dar um beijo na Isabel Sanchez, no QG de José Vitor Zerbinato, cuja carreira vai de vento em popa, com a marca VZ, presente, acredite se quiser na badalada festa que rolou ontem em New York, intitulada de Met Gala 2018, tomei um café, troquei figurinhas com a Isabel, dei um beijo na Andrea e Marisa, e de repente recebo uma mensagem no sap, do serelepe Vitinho, como chamo carinhosamente o José Vitor, que vestiu a camiseta da Feijoada do Willy e me enviou inúmeros fotos, com elas componho uma Galeria, e é com muita honra que faço isso. O nosso astro polariza as atenções e o que ele mais precisa no momento é de boas vibrações para que o sucesso ocorra e não lhe tire a paz de espírito…rs… É um grande artista. Acompanho a sua trajetória no universo da moda, desde o início, e as suas conquistas revelam um sujeito  criativo, que sai do lugar comum e valoriza as mulheres que vestem as suas criaçõe, glamourosas. É uma honra ter o José Vitor vestido com a camiseta da Feijoada do Willy 2018. Somamos  boas energias e o evento decola com sucesso, atraindo os que gostam de se descontrair em um ambiente bonito, com boa bebida, cerveja Itaipava, comida, by Mirante, ótima, e música por conta do fantástico Demétrio Ferrari, e estar em companhia de gente bonita e feliz, das 12 as 18 horas, na beira do rio Paraíba. Não há melhor terapia. Eu garanto momentos da mais rara satisfação.