teatro dentro 0209

Estreia na próxima sexta (6), na Sala Experimental do Teatro Augusta, em São Paulo, o espetáculo “Senti um vazio, no começo quando o coração foi embora, mas agora está tudo bem” – montagem inédita no Brasil, da jovem dramaturga inglesa Lucy Kirkwood, que reascende a polêmica do tráfico internacional de mulheres e tudo o que envolve o drama das promessas de uma vida melhor fora do país, como violência, gravidez indesejada e prisão em cárcere privado.

Dirigida por Mônica Granndo, com tradução de texto de Alberto Guiraldelli, a peça tem como protagonista a atriz Marcela Grandolpho, que foi quem viu a peça encenada em uma viagem pela a Europa e resolveu trazê-la para a Cia. do Ator Careca, da qual faz parte toda a equipe.

Na peça, a personagem principal é Dijana, uma jovem traficada do Leste Europeu para a Inglaterra, que, para suportar sua rotina de prostituição forçada, ela cria um modo de vida ilusório, no qual ela mesma tenta acreditar, cheio de esperanças, alegrias, expectativas e loucura.

A história é narrada a partir de fragmentos de memória, delírios e desejos da personagem traficada, que passa o tempo procurando meios de juntar o dinheiro que deve ao seu ex-namorado, agora seu cafetão, para se ver livre de sua condição e resgatar seu passaporte. Mas mesmo depois que Dijana consegue o dinheiro necessário para quitar sua dívida, é espancada e foge para a cidade litorânea de Brighton onde acredita que está sua filha e acaba sendo presa e encaminhada a uma prisão para imigrantes ilegais, vítimas de tráfico de seres humanos.

O espetáculo “Senti um vazio…” fica em cartaz até 13 de outubro, sempre às sextas, às 21h30, sábados, às 21 horas e domingos, às 19 horas. No elenco, além de Marcela Grandolpho, estão também Alberto Guiraldelli, Karina Zichelle e Fabul Henrique.

Os créditos das fotos são de Mariva Lima.