Eu, de vez em quando, fico nostálgico e, naturalmente, passeio os olhos pelo arquivo fotográfico e me dou ao luxo de resgatar momentos marcantes em minha trajetória de colunista social. Como o final de semana que passei em Morretes com amigos queridos, entre os quais, Betty Abrahão, de Campinas, e Sonia Crisostomo, comigo na foto, desfrutando a natureza do  lugar onde estávamos. Conheci a bela e estilosa Sonia, numa festa em Campinas e nos tornamos amigos. Tanto que esteve na festa black-tie que Valéria Bittencourt produziu no salão do Clube Náutico Mogiano. Creio que foi em 2011.  E faz tempo que não a vejo. Melhor a vejo, sim, pelo Face e graças a ele não nos perdemos de vista. A comemoração do meu aniversário se aproxima e é natural que eu fique um pouco mais sensivel lembrando de amigos queridos como ela. Não há nada melhor nesta vida do que amar e ser amado pelos amigos, mesmo que a distância. O bem querer  é uma energia e como tal pode ser sentida a distância através de palavras e gestos revelados através dessa modernidade que é a Internet. E é o que faço agora com a maior satisfação. Sonia é canceriana como eu.

Willy e Sonia
Willy e Sonia