Como amigo e irmão, tenho a enorme satisfação em cumprimentar Roberto Pires, nesta segunda-feira, pela passagem de seu aniversário. Conheci o Roberto logo em meus primeiros anos de colunismo social. Foi numa missa na Paróquia São José Operário, no Mogilar, no dia Dia de São José, e surgiu a amizade que atravessa décadas, pautada pelo bem querer, respeito e admiração, mútuos. Afinal, eu sou José, de nascimento…rs…que em 1975 se transformou em Willy…rs…extraídos do meu segundo nome, Vilemar, no salão do Beka. E nos tornamos amigos. Melhor, sou amigo e irmão também de sua mulher, Cidinha, e dos filhos Denise e Beto, agora tem os netos, Luisa, Neto e Francisco. Eu me considero da família. Parabéns, Roberto! Que esta sua segunda role embalada pela boa energia de sua família e dos muitos amigos que você tem. Eu sou teu fã.

*Roberto
Roberto Pires