Finalmente decidi, melhor, acabei optando pelo dia inicial da Feijoada do Willy 2016, o 21 de maio, e essa edição, a  2oª, promete, como as anteriores reunir centenas de convidados. Pensei em realizá-la no dia 28 de maio na Casa da Árvore, mas por ter Feriado Nacional caindo dois dias antes, achei melhor a primeira data e é em cima dela que o Caderno W trabalha a partir de agora.  Olha  a foto que encontrei no arquivo: se não me engano da Feijoada do Willy 2002. No foco, a fofa Luisa e o avô coruja, Roberto Pires, vestindo a camiseta que é o passaporte de entrada no evento mais aguardado do primeiro semestre do ano. Luisa está moça, bonita, por sinal, e é formanda em “Ciências  em Políticas” pela Indiana University. Ela, em maio, receberá prêmio de melhor aluna de seu curso e será a oradora de todos os formandos da universidade representando todos os cursos. Ela é fera. Motivo de orgulho para Denise e Claudio, Cidinha e Roberto Pires que, infelizmente, não vão estar na feijoada deste ano por um motivo mais do que justo, prestigiar a neta em sua formatura.

Luisa e Roberto
Luisa e Roberto