Através da amiga  Elide Marcatto eu soube do falecimento de sua irmã, Luciana, e, confesso, fiquei triste com a notícia. Procurando informação a respeito do velório, que ocorre hoje a partir das 14  horas, no Cristo Redentor, o sepultamento, amanhã, no jazigo da família no São Salvador, encontrei esse belo texto do amigo Paulo Pinhal sobre Luciana, que me emocionou, e o compartilho. Uma bela homenagem à amiga que se foi para a outra dimensão. Aos irmãos de Luciana, Maurinho, Elide, Miriam e Mônica, e aos seus dois filhos os meus mais sinceros pêsames

” Ola prima Luciana.

Você foi embora para o andar de cima e nem deu tempo de um último papo. Para mim ficam, na memória, os bons momentos vividos na juventude onde com os amigos em comum vendíamos um jornal rodado em mimeografo chamado “Populos” para arrecadar dinheiro para comprar bolas e bonecas para distribuir pela periferia de Mogi das Cruzes. Quantos filmes Super 8.

Lembro-me que comecei a colecionar cigarros de várias marcas e que você acabou fumando a minha coleção toda, e também dos altos papos sobre fotografias que tínhamos: eu com a minha Konica e você com a poderosa Minolta.

São estas e outras lembranças gostosas que quero guardar e oro para que encontre paz nesta nova jornada. Esteja com Deus Luciana.” Paulo Pinhal

Luciana
Luciana