Adivinhe onde estou?…rs…no La Verri, é claro. Iniciando mais uma profícua jornada. E, para iniciar bem esta quinta-feira, nada melhor do que demonstrar carinho por uma mulher que tem se revelado a minha fiel escudeira, nesse momento de transformação do Caderno W, a jornalista Maria Salas, que é boliviana de nascimento e mogiana de coração. Trabalhamos juntos no Mogi News e sempre nos relacionamos muito bem. A ponto de requisitá-la para estar comigo no Caderno W. Agradeço a Deus pela presença dela em minha vida neste momento. Como não poderia deixar de ser, lhe desejo toda a felicidade do mundo. Maria, que seus sonhos se tornem realidade. Amorosa como é, a sua quinta, com certeza, rola energizada pelas demonstrações de carinho de sua família e dos amigos. Vai se emocionar muito! À noite celebramos a sua idade nova no Patteo Mogilar, na hora da happy hour, com um sonoro parabéns. Parabéns, Maria. A foto é da minha festa dos 40 anos de colunismo social.

40 anos de Colunismo Social Willy Damasceno