vivi-005

E outubro chega ao fim e novembro inicia. Depois de amanhã é  Dia dos Finados, e daqui a pouco, como num piscar de olhos estaremos saudando 2017. E por falar em Dia de Finados, que eu me lembre fui poucas vezes ao cemitério. Não tenho esse costume. Só isso. Dos meus pais queridos, já falecidos ha 6 anos, só guardo boas lembranças e, portanto, ir ao túmulo não tem o maior significado para mim. Respeito quem vai. Creio na imortalidade da alma, que estou nessa existência para cumprir resgates, não há outra explicação, e que viver de  um modo cada vez mais consciente é a maior conquista, gera uma sensação de paz,  a compreensão de que os fatos que ocorrem no dia-a-dia são imprescindíveis para se evoluir, sabendo que tudo passa nesta vida. E que colhemos exatamente o que plantamos. Eu no momento planto a festa dos meus 41 anos de colunismo social, melhor, a alinhavo com Messias Venturine, uma comemoração que aos poucos vai tomando forma com a participação dos amigos conquistados e cultivados ao longo dos anos. Vamos celebrar a amizade com bom gosto e elegância, e aproveito a oportunidade para homenagear algumas mulheres relevantes em minha vida ( ia revelar os nomes, mas resolvi causar um pouco de expectativa e só farei isso na noite do dia 25 de novembro, no Espaço La Vince) e o estilista, Fran Carvalho que tem tudo a ver com o universo feminino. O convite ficou pronto e Manira Andery ( 999743331) o distribui, a partir de hoje, entre os amigos que faço questão que estejam comigo celebrando além dos 41 anos de colunismo, os 9 anos do Caderno W impresso e os 16 anos na mídia digital, que iniciou com o site willyvirtual. Uma tripla comemoração que fechará com chave de ouro a agenda social de 2016. Uma noite de muita emoção. Imperdível. E a partir de hoje compartilho registros onde apareço em companhia de mulheres relevantes. Na foto, em companhia de duas que eu considero muito: Viviane  Galvão de Oliveira e Georgia Barros Andari, em almoço no Mirante do Paraíba, para colocar a prosa em dia. Amigas queridas.