O feriado da Proclamação da Republica chegou e o final de semana se prolonga para muita gente. Resolvo permanecer em casa, aguardando o sol aparecer, será que vai aparecer? …rs… para curtir momentos de descontração em meio à natureza e até entrar na piscina…rs… que eu adoro. O calor chegou para ficar.  Na noite passada a temperatura esteve alta e só consegui dormir, mais tarde, e com o ventilador ligado, que prefiro ao ar condicionado. E olha que moro no meio do mato. Aqui é sempre mais fresco que na cidade.

O amigo, Adan Garcia, que vive compartilhando delicias preparadas no Leitão de Gravata, no Rancho Caminho do Mar, me deixa sempre com água na boca. Acompanho e compartilho sempre as suas proezas gastronômicas com a maior satisfação.  Ontem, na web, ensinou a preparar uma caponata, receita de um colega, elogiei, é claro, e recebi o convite para ir degusta-la hoje e, é claro, aceitei. Só estou preocupado com o movimento na estrada…rs…a última vez que tentei ir até lá, peguei trânsito até na Estrada do Nagao, e acabei desistindo. Como já estava próximo e no sentido Mogi, estava livre, acabei parando no restaurante Pé de Jaca, que eu adoro, outra boa opção gastronômica do Alto Tietê.

Voltando ao amigo Adan,  é um grande chef de cozinha, não só fisicamente…rs… mas no talento também, e o respeito como tal. É simpático, e tem um sorriso marca registrada.  Quando o exibe, conquista. A sua cozinha brasileira é perfeita. Vou tentar chegar…rs…vale a pena. Pela manhã renovo o conteúdo do Caderno W, o fato de fazê-lo em home office, conforto que a modernidade, tenho sinal da Internet, via satélite, me proporciona e o aproveito da melhor maneira fazendo o que mais gosto, observando  os fatos e os registrando na pauta do devido. Neste momento,  só tenho olhos para a produção da festa dos meus 43 anos de colunismo social. Ontem a noite estive com Messias Venturine e checamos cada detalhe da comemoração, a festa está pronta. Os amigos continuam sendo convidados, confirmando presença, e Manira Andery ( 999743331) entregando os convites. E nesse ritmo seguimos até o dia 23 de novembro criando um gostoso clima de expectativa em torno do evento que vai celebrar a Familia e os amigos, para os quais estou preparando uma surpresa, movida a emoção. Afinal, sem eles eu não existiria.

Em clima de nostalgia, passeei os olhos pelo arquivo e escolhi esta foto para revelar um momento marcante em minha trajetória como cabeleireiro.  No início dos Anos 90, em agosto de 91 inaugurei o Willy Studio no casarão, na av. Voluntário Fernando Pinheiro Franco, onde moraram, o prefeito Waldemar Costa Filho e o Chanceler da UMC, Manoel Bezerra de Melo, o Padre Melo, e transformei o salão de beleza também em galeria de arte e realizei lá algumas exposições. Dentre as quais, a da artista plástica, a mogiana Vera Nice Cristóforo, na foto com a amiga, Elizete Mello Freire Averaldo, diante de uma de suas telas, nesta noite memorável. Recordar é viver.