E eu desfrutando a beleza da natureza na véspera do ano novo. Sem dúvida, um privilégio. Ontem, com dor de cabeça, fui dormir mais cedo, e, hoje, quinta, 31 de dezembro, sou normal …rs … acordei bem, às 6 horas levantei, fui dar uma volta pelo jardim, que me encanta, o sol aparece, acho que com a chegada dos 70 fico mais sensível, mais emotivo… rs…, e agradeço a Deus pelos “bons” momentos vividos em 2020. Tudo bem que foi o pior ano de minha vida… rs… acordei para a realidade da pandemia, no final de março, e de lá para cá venho me reinventando em todos sentidos, e, confesso, chego menos machucado em 2021. Sem dúvida, 2020 foi uma boa escola. Entro no Ano Novo, como bom aluno, vibrando positivamente, torcendo para que encontrem uma vacina confiável, e para que as pessoas no convívio social vivam de uma maneira mais civilizada, mais consciente, cada uma fazendo a sua parte, se cuidando e respeitando o semelhante, usando máscara e álcool gel, e evitando aglomeração. Já é um bom começo. O que espero de 2021 é que seja um ano em que eu continue evoluindo como ser humano e profissionalmente, embalando novos sonhos. Resumindo, que eu saia dele melhor do que quando entrei. Como costumo dizer, evoluir é preciso. E nessa vibe, colaborando na construção de um mundo melhor, eu desejo a todos aqueles que eu alcanço com o meu trabalho no CadernoW e nas Redes Sociais, amigos, conhecidos e admiradores…rs… um FELIZ 2021. Com muito brilho no coração, o órgão que simboliza o amor. Celebrando a vida, tem sido o meu mote. E continua em 2021. Obrigado, amigo Paulo Pinhal, pela ilustração!

15