Acordo na sexta, descansado, e, como não poderia deixar de ser, pensando na festa dos 43 anos e trabalhando para que a mesma se consolide do jeito que estou imaginando. Entendo que há espaço suficiente neste universo em expansão para todas as formas de pensamentos e experiências. No momento em que a minha preferência passa a existir, ela atrai para si, segundo a lei da atração, a essência daquilo que combina com ela. A festa dos 43 anos vem sendo alinhavada com positividade e gera boas expectativas por conta dos amigos que se manifestam com carinho, confirmando presença na noite do dia 23 de novembro, no salão do Clube de Campo, onde vou recebe-los, com certeza, com a  emoção a flor da pele. E quando subir ao palco para os devidos, agradecimentos vou manifestar a gratidão que sinto por tê-los mais uma vez em minha companhia celebrando mais um aniversário de colunismo social. Aprendo que, com os pensamentos positivos direcionados para a festa dos 43 anos me alinho com o objeto de meu desejo,  alinhavo mentalmente uma festa bonita, elegante, clean, com boa música, boa comida e a energia do amor presente. Todos na mesma sintonia, celebrando a vida, a amizade. E na vibe de plena positividade passeei os olhos pelo arquivo fotográfico e encontrei esta foto, dos queridos amigos, Heloisa e Silvino Melo, que são impecáveis, temos algumas centenas de histórias vividas, entre a memoráveis, as duas semanas que passei a bordo do Catamarã, Katiavento, em Salvador, em companhia deles, no Bilene, no carnaval de 2007. Inesquecivel. São ótimas companhias. Só não sei precisar de que ano é a foto…rs…Estarão comigo na celebração dos 43. Amigos for ever.