Quando tinha os trinta e poucos anos seria abominável eu ficar em casa num sábado a noite…rs… O tempo passou e hoje, aos 66 anos, sinto uma satisfação enorme em permanecer em casa fazendo o que eu mais gosto que é compartilhar informação. A noite está fresca, agradável, dispensa lareira, preparei uma pasta, da Due Grani, deliciosa, e a tracei com um bom parmesão.  Estou satisfeito. Confesso, pensei em até sair, mas como não consegui falar com amigos, optei pelo sossego do home sweet home. E meio nostálgico, posso de vez em quando me dar ao luxo de passear os olhos pelo arquivo e escolher fotos que por si só valem por mil palavras. Olha esta da Nereida Masirevic, ainda não era Lozano, menina, linda, e já colunável. Para as pessoas que me perguntam há quanto tempo eu conheço a Nereida a foto é a resposta. Nos conhecemos há long, long time, e nos tornamos amigos.

Nereida
Nereida