A médica Giuliana Wurthmann Piergallini Cardoso, 38 anos, fala sobre a nova fase da Clínica GW, que funciona no Parque Monte Líbano, em Mogi das Cruzes. Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Mogi das Cruzes (FMUMC), desde 2006, com pós-graduação em Dermatologia no Instituto BWS, em São Paulo, e Medicina Estética, ela é casada com Fábio e mãe do Vitor, de 6 anos, e do Artur, de 1 ano

 

Giuliana Wurthmann Piergallini Cardoso

 

Caderno W: Qual é o conceito da Nova Clínica GW?

Giuliana Wurthmann Piergallini Cardoso: A nova clínica GW traz um conceito de atendimento multidisciplinar com profissionais qualificados na área da dermatologia, nutrição, estética, fisioterapia e cirurgia vascular, em um ambiente agradável, amplo, organizado, seguro e acolhedor, aliando conhecimento e alta tecnologia. Prezamos por um atendimento humanizado e realizamos tratamentos personalizados com orientação técnica adequada com comprovação científica. Prezamos, ainda, pelo excelente relacionamento entre os profissionais de saúde e nossos pacientes, acolhendo sua queixa e sua história de vida. Acreditamos em tratamentos estéticos que valorizem as características de cada paciente e realmente sua beleza sem exageros ou mudanças bruscas.

 

Caderno W: Quais são os procedimentos que ela oferece?

Giuliana: Aqui, o paciente pode fazer procedimentos na área da dermatologia cirúrgica, como uma biopsia de pele por exemplo; e procedimentos estéticos injetáveis, como aplicação de toxina botulínica, de preenchimento com ácido hialurônico e bioestimuladores de colágeno injetáveis. Também oferecemos as mais modernas tecnologias para o tratamento estético facial e corporal, como lasers, ultrassom microfocado, radiofrequência, dentre outros. Temos protocolos de tratamentos capilares com laser capilar e intradermoterapia para o tratamento das diversas causas de queda de cabelo, realizados por nossa médica tricologista Mayara. A nossa fisioterapeuta dermatofuncional, Leila, além de massagens, drenagem e limpeza de pele, realiza os tratamentos corporais com tecnologias no combate à celulite, flacidez e gordura localizada. Além disso, temos a médica Kamilla, cirurgiã vascular, que realiza procedimentos para secar aquelas microvarizes das pernas. Tudo isto, aliado ao acompanhamento da nutricionista Marcela, para otimizar o resultado dos tratamentos com a dieta adequada após avaliação do paciente, na consulta, e após exame de bioimpedância (que mede a quantidade de gordura e músculo no corpo).

Caderno W: Todos os procedimentos são feitos com equipamentos de última geração, não é mesmo? Fale um pouco sobre eles:

Giuliana: Os últimos equipamentos adquiridos são o Thork, que usa a tecnologia das ondas de choque para o tratamento da celulite, também conhecido como martelinho de ouro. O jato plasma, conhecido por realizar a blefaroplastia sem corte para o tratamento da flacidez de pálpebras, e o ultrassom microfocado, que trata flacidez de maneira rápida, prática e segura levando a um lifting sem cirurgia.

 

Caderno W: Quais são os procedimentos mais procurados e qual é o perfil dos pacientes?

Giuliana: Os procedimentos para rejuvenescimento facial e corporal são bem procurados, e também os protocolos de emagrecimento. As mulheres ainda são maioria, mas o número de pacientes do sexo masculino aumentou bastante.

 

Caderno W: Quais são as áreas da Saúde que envolvem a dermatologia? Quando se deve procurar um especialista?

Giuliana: O dermatologista trata de todas as afecções de pele, cabelos e unha e também está habilitado para realizar pequenas cirurgias com anestesia local, além dos tratamentos estéticos injetáveis e com tecnologias.

 

Caderno W: Você fez um investimento em meio a uma pandemia, essa mudança (reforma) já estava nos seus planos?

Giuliana: Nossa equipe cresceu e a clínica antiga ficou pequena. Já tínhamos o plano de nos mudar para um lugar maior, e, com a pandemia, tomamos a decisão de fazer isto o quanto antes para ter uma clínica ampla com salas individualizadas para cada profissional, uma ampla sala de espera, sala pré-tratamento para preparar o paciente. Desta maneira, evitando aglomerações, fazendo tudo com muita segurança. E, claro, dando o máximo de conforto ao paciente e dando a ele uma experiência agradável na nossa clínica.

 

Caderno W: Atualmente, como estão sendo feitos os procedimentos, que cuidados estão sendo tomados?

Giuliana: Os pacientes estão sendo agendados em horários bem espaçados. E, assim que chegam, já são encaminhados para salas de espera individualizadas. Além disso, é cumprido todo o protocolo de higienização, com a utilização de álcool em gel nas mãos, aferição de temperatura (na chegada à clínica), uso de máscaras e limpeza constante das superfícies e dos ambientes.

 

Caderno W: Além da clínica, você atua em outro lugar?

Giuliana: No momento, só na clínica, embora já tenha trabalhado por muitos anos atendendo na rede pública de saúde.

 

Caderno W: O que você espera para este ano, há mais projetos por vir?

Giuliana: Não podemos parar de nos atualizar. Lançaremos, em breve, novos protocolos de tratamentos,  temos uma sala especial para eventos e treinamento médico e da equipe, que, se Deus quiser, assim que melhorarmos, em relação à pandemia, ela será muito usada.

 

Caderno W: O que o atual momento que estamos vivendo está deixando de aprendizado para você?

Giuliana: Que em meio à adversidade, temos de manter a calma e nos fortalecer, nos adaptar, nos reinventar. Tudo tem o seu lado bom e sairemos fortalecidos de tudo isto. Na dúvida, cresça.

 

Caderno W: De que forma a Medicina evoluiu também neste período?

Giuliana: Evoluiu nos congressos online, encurtando distâncias, abordando questões como as consultas por telemedicina, levando informações por meio das redes sociais, e estamos evoluindo no conhecimento desta doença viral tão complexa, que, além de manifestação  respiratória, pode acometer outros órgãos, inclusive a pele.

 

Caderno W: Você acredita que as pessoas também estão mudando os hábitos com os cuidados com a saúde?

Giuliana: Com certeza! As pessoas estão ficando mais tempo em casa e olhando mais para si, sentindo a necessidade de cuidar da pele e também da saúde física e mental, criando novos hábitos alimentares, de rotina de skin care, de atividades físicas. É um encontro do indivíduo consigo mesmo.

 

62