Corria o ano de 1983. Fazia pouco menos de 1 ano que estava morando em Mogi das Cruzes ,quando recebi através de uma carta, a noticia de que meus pais viriam conhecer a cidade e consequentemente minha casa. Fiquei triunfante, logo comecei a contar a meus amigos a agradável noticia e esta chegou aos ouvidos de Olavo de Oliveira meu diretor na época da Móveis Waizer.  No sábado do grande dia , pedi ao meu gerente para sair mais cedo , tanta era minha ansiedade em recebe-los.  Tinha receio  que não encontrassem a rua , e insisti na carta para que perguntassem assim que entrassem na cidade em algum estabelecimento comercial. E assim fizeram. Chegando , meu pai entrou numa padaria (Padaria Santista na esquina das ruas Brás Cubas e Ricardo Vilela) e perguntou ao proprietário se ele conhecia a rua que trazia escrito no remetente de um envelope. Antes que o Sr Ademar Bonafé respondesse, uma voz o  interrompeu: O senhor vai na casa do Eugênio? Meu pai   surpreso respondeu que sim e como o simpático senhor sabia? Esse senhor era nada mais nada menos que Olavo de Oliveira que passava ali para comprar pães.  Impressionado  com a coincidência fiquei eu  , no portão, ao  ver meus pais chegarem escoltados pelo Sr Olavo. Nunca mais esqueci disso. A foto acima traz comigo Terezinha Gomes e Daniela Bonafé , filha do Sr Ademar, da saudosa Padaria Santista.