Rafael Leafar

Postado em 17 de julho de 2017

Crédito: Marcos Vieira

O corretor de imóveis Rafael Henrique Lopes, o Leafar, comanda a Leafar Imóveis, empresa responsável pelas vendas do Landscape by Helbor 

Morar bem, e com muito conforto,é o sonho de qualquer pessoa.E morar bem em um lugar muito bem localizado e ainda por cima em um residencial único, de alto padrão, é um sonho que pode se tornar realidade em Mogi das Cruzes, mais precisamente no Landscape by Helbor.

Instalado em uma das regiões mais disputadas pelo mercado imobiliário na cidade, no bairro do Socorro, o luxuoso empreendimento está sendo comercializado exclusivamente por meio da Leafar Imóveis, que tem como proprietário Rafael Henrique Lopes, o Leafar, de 36 anos, e à frente da gerência o  irmão, Thiago Henrique Lopes, o Fratelli. A empresa é altamente qualificada no segmento e conta com profissionais com anos de experiência e conhecimento neste padrão de apartamentos. Ou seja, todos se unem para oferecer a todos os clientes os melhores atendimentos, condições e oportunidades de fechar bons negócios.

Com 192 unidades, distribuídas em quatro torres, o edifício foi construído num terreno de 17.976,84m².​ Os tamanhos dos apartamentos vão de 194m², 241m² a 272m², com quatro suítes ou quatro dormitórios (duas suítes), com três ou quatro vagas de garagem. Somente visitando o local para sentir que o Landscape é um projeto único, inigualável na cidade para morar, relaxar e se divertir. Um​ empreendimento que alia uma infraestrutura de primeira linha, com tecnologia, conforto, luxo, muito lazer e total segurança.

Confira a seguir a entrevista concedida por Rafael, que atua no mercado imobiliário há nove anos, e que explica bem sobre o edifício, uma construção da Helbor Empreendimentos S.A. e a MPD Engenharia Ltda., um lugar ideal e perfeito para famílias que buscam conforto, segurança, lazer e qualidade de vida, com sofisticação.

Thiago Henrique Lopes, o Fratelli, e Rafael Henrique Lopes, o Leafar / Crédito: Marcos Vieira

Caderno W: Qual é a sua formação acadêmica?

Rafael Henrique Lopes, o Leafar: Eu sou corretor de imóveis. Mas  cursei, por três anos, Educação Física em Mogi das Cruzes. Como sempre gostei muito de esportes achei que este curso pudesse construir minha carreira profissional. A vida, contudo, me mostrou outras formas de sucesso, porém, no segmento de vendas. Comecei trabalhando aos 16 anos com meu pai, Cristiano, em uma pizzaria muito conhecida na cidade de Poá, e depois segui uma breve carreira como representante comercial na Região do Alto Tietê.

Caderno W: Como ocorreu o seu ingresso no ramo imobiliário?

Leafar:  Aos 27 anos, incentivado por uma amiga, que trabalhava no mercado imobiliário e disse que eu tinha o perfil dos corretores que faziam sucesso na venda de imóveis. Fui para São Paulo, onde fiz uma entrevista em umas das maiores imobiliárias do País, e me encantei com esse universo e com as várias possibilidades que se tem para quem atua nessa área de empreendimentos de alto padrão. E assim comecei essa carreira. Com vinte dias de mercado, fiz a minha primeira venda, e com uma boa comissão vi que poderia me especializar cada vez mais e assim o fiz. Foram nove anos de muito aprendizado e profissionalismo. Comecei em março de 2008 e fiquei até dezembro de 2009 como corretor nessa empresa. Depois, no período de 2009 a 2011, fiquei responsável pela coordenação de vendas em vários produtos de São Paulo, e o meu primeiro foi um empreendimento da Helbor, no bairro do Morumbi, na capital. De 2011 até 2015 assumi a gerência de vendas, sempre me destacando entre os cinco primeiros em vendas nestes anos no meio de 70 gerentes que a empresa tinha. Em 2015, por seis meses atuei como diretor de vendas de uma equipe comercial que vendia os produtos da empresa Helbor, em São Paulo, e na sequência retornei ao cargo de diretor de vendas na mesma empresa onde iniciei no mercado. Por lá, fiquei até o final de 2016, quando percebi que já era hora de dar outro rumo profissional à minha vida.

Caderno W: Você é de Poá, mora em Mogi, mas trabalhava em São Paulo. Este vaivém – Mogi/SP – pesou na  decisão de apostar no seu negócio próprio?  

Leafar: Sim, na verdade eu queria estar um pouco mais próximo da minha família, da minha mulher, Michelle Peguim, e dos meus filhos, Natállia, de 7 anos, e Henrique, de 5 anos. E como eu já tinha a Leafar Imóveis, criada há dois anos, eu estava regressando a Mogi para me dedicar a ela. Mas nesse meio tempo, o Marcelo (Marcelo Bonanata, diretor de vendas da Helbor) me fez um convite para ser o responsável comercial na região de Mogi das Cruzes e Vale do Paraíba. Por conhecer a grandeza da Helbor e a qualidade dos produtos dela, optei por dar uma pausa no meu projeto e aceitei esse novo desafio, ao qual me dediquei por nove meses, até o momento em que a Helbor entendeu que  precisava de uma equipe qualificada para atender os clientes do Landscape. Então vi que chegara a hora de começar a atuar diretamente com a Leafar Imóveis.

Caderno W: Então a Leafar é a responsável pelas vendas dos apartamentos Landscape?

Leafar: Sim, somos uma imobiliária composta por uma equipe de seis pessoas, altamente qualificadas para comercializar o Landscape. O meu irmão Thiago atua há nove anos no mercado e estava há seis anos como gerente em São Paulo. Hoje, veio ser o meu gerente na Leafar Imóveis. E temos outros profissionais com grande experiência e know-how de mercado, além de foco para vender e atender bem o cliente do perfil Landscape.

Caderno W: Quando surgiu o Landscape?

Leafar: O projeto foi lançado em 2013 e entregue em outubro de 2016. A MPD Engenharia foi a responsável pela construção e sócia na incorporação da Helbor Empreendimentos S.A. O residencial surgiu em um momento que a cidade pedia um empreendimento como este, de alto padrão e bem localizado. Ele tem apartamentos amplos, vista privilegiada da Serra do Itapeti, quadras, piscinas descoberta e coberta e inúmeros ambientes de convivência, como salão de festas (adulto e infantil). Para se ter uma ideia, há, ainda, uma enoteca, ou seja, cada apartamento tem um espaço onde comporta até 28 garrafas em uma adega climatizada. São mais de 30 áreas de lazer, além de cinema e hobby box para os apaixonados por automóvel que fazem questão de cuidar bem do seu carro.

Caderno W: Não há nada igual mesmo.

Leafar: Na questão de modernidade, conforto e segurança, não há mesmo. Por exemplo, todas as portas dos apartamentos contam com sistema de fechadura biométrica em todas as unidades. O morador, ao chegar em casa, terá três opções para abrir a porta, seja colocando sua digital, ou senha ou chave. O elevador é privativo e sem falar que todos os apartamentos já vêm com os pontos para a instalação de ar condicionado, sendo dois na sala e um em cada quarto. Todas as unidades possuem lareira e churrasqueira. E há, também, o sistema de automatização para persiana de enrolar, ar condicionado e iluminação.

Caderno W: A vista, para a Serra do Itapeti ,não poderia ser outra,não é?

Leafar: Não, não poderíamos desperdiçar esta paisagem linda, por isso o nome Landscape, que proporciona encanto aos olhos de quem a aprecia. Eu costumo dizer que a cidade nos vê de costas e que tem a impressão de que somos um empreendimento bem pequeno. Mas esta construção foi feita propositalmente, para que seja valorizada a vista e a insolação em todas as unidades. Há uma vista linda, também, para o Parque Centenário. Como se vê, são diferenciais que tornam o local único e que ‘prendem’ a família dentro do espaço. O morador não precisa sair daqui para nada. Não há um empreendimento igual em Mogi. Este aqui é ‘O’ empreendimento.

 

LEAFAR IMÓVEIS

Conheça o decorado na rua Antônio Vergaças, 200.

Atendimento de segunda a segunda, das 9 às 20 horas.

Blogs


Não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos artigos dos blogs, a responsabilidade é de seus respectivos autores.