Pedro Miwa

Postado em 11 de agosto de 2017

A entrevista da série Profissional Destaque Obra Prima é com o arquiteto e paisagista Pedro Miwa, que desde cedo tinha interesse pela vida das plantas e pela forma como estas podem ser usadas na composição de jardins e paisagens… Boa leitura!

Quem é Pedro Miwa?

R.: Arquiteto e urbanista formado pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), com cursos de especialização em Arquitetura Paisagística. Tenho atuado no segmento de projetos de paisagismo no setor residencial, comercial e corporativo em parceria com diversos arquitetos e designers do Alto Tietê e outras regiões. Desde cedo tenho interesse pela vida das plantas e pela forma como estas podem ser usadas na composição de jardins e paisagens, fato motivador para minha atuação na área.

Como foi o seu primeiro contato com a arquitetura?

R.:  O contato veio através da exposição “Semana da Casa Aberta, na ETEC Presidente Vargas”. Ainda estudante do 1º grau onde o contato com projetos dos alunos do curso de edificações me despertou interesse e fascínio, o que posteriormente motivou o ingresso no curso de edificações e posteriormente na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.

Quais são as suas influências? E como surgem as ideias?

R.: Sem dúvida a influência principal vem das paisagens tropicais espontâneas, a forma como as plantas se organizam na natureza, preenchendo o espaço, criando cenários e estabelecendo relações umas com as outras. Quanto aos mestres do paisagismo, não poderia deixar de citar Roberto Burle Marx, Rosa Grena Klyass, Marta Gavião, Marcelo Novaes e Alex de Sá Gomes, profissionais de notável habilidade e talento. De fato penso que ideias não surgem ao acaso, mas sim, são a somatória de fatores como: estudo, percepção, observação do local, arquitetura dos edifícios, espaço cênico, clima e das aspirações do proprietário ou usuário, tudo isso junto compõe o futuro paisagismo.

Como é a participação do seu cliente no projeto de arquitetura?

R.:  A participação do cliente, em um projeto de paisagismo, ocorre através de uma entrevista na qual o cliente expõe suas aspirações e desejos particulares, seus gostos, preferências de cores e texturas, o montante previsto de investimento, o prazo de obra e o modo como ele interage com o natureza e seu conhecimento sobre a dinâmica de um jardim.

Que conselho gostaria de ter recebido quando estudante e hoje tem a oportunidade de dar?

R.: Quando estudante o mais importante é estar pronto a questionar e procurar absorver o máximo de informação. A vida acadêmica proporciona um ambiente onde se pode experimentar, tentar, errar, corrigir…  Aproveitem tudo que a vida acadêmica tem a lhes oferecer e peçam sempre mais conhecimento.

Ping/Pong

Uma cidade… Já fui e voltarei à Brumadinho_MG, sede de Inhotim um belo Parque Galeria com arte contemporânea da melhor qualidade entremeada por um fantástico Jardim Botânico riquíssimo em espécies da flora brasileira e estrangeira.
Uma viagem… Desejo ir à Singapura_Ásia, local onde se encontra o mais moderno Jardim Botânico do Mundo, inserido em um contexto de arquitetura e design que torna  a região da baia daquela cidade um local único.
Um filme… Avatar, pois demonstra a importância da harmonia entre natureza e civilização e traz à reflexão do quão danoso tem sido o estilo da vida humana moderna ao planeta Terra e à própria humanidade.
Domingo é dia de… Tranquilizar os pensamentos, estar com quem te faz bem, curtir a natureza e ter momentos de lazer.
Paisagismo pra você é… A oportunidade através do trabalho de reaproximar o ser humano da natureza, contribuindo para a qualidade de vida de modo geral.

Contato profissional Pedro Miwa

Telefone: (11) 97205-6272

Endereço: Rua Campos Verguerio, 189 – Vila Oliveira – Mogi das Cruzes

Blogs


Não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos artigos dos blogs, a responsabilidade é de seus respectivos autores.