O melhor da festa é esperar por ela

Postado em 11 de outubro de 2017

A quarta-feira, para variar, amanhece ensolarada…rs…e eu adoro esse clima, só não gosto mesmo é de muito calor. E pela temperatura da primavera podemos imaginar como será o verão, escaldante. Véspera de feriado. E, como não dá para ser diferente, entramos naturalmente no clima do feriado e a semana já era…rs…Nesta quinta, 12 de outubro, se celebra o dia de Nossa Senhora Aparecida, que foi homenageada com o título de  Padroeira do Brasil, e, isso, é claro, pelo fato do Brasil ser um país predominantemente católico, e o Dia da Criança que ganha um sabor especial quando se tem crianças em casa. O Caderno entra nesse clima, atraindo  pelo emocional, celebrando o Dia da Criança com um convite a todos que já deixaram de ser crianças na aparência física e mentalmente, mas recordam com a maior satisfação de momentos de sua infância, que  deixem emergir a porção criança, numa boa, fazendo as coisas mais naturalmente,  se comportando como a criança que não vê limites…rs… apenas está descobrindo o mundo.  Esta semana comecei a me envolver mais com a produção da festa que o Caderno W vai realizar, em grande estilo, no salão Ipê, do Club Med Lake Paradise, no dia 9 de dezembro e, confesso, me surpreendo com a receptividade que está havendo em torno da comemoração dos meus 42 anos de colunismo social. Em meus primeiros contatos com os amigos percebo que há uma energia positiva no ar. A festa polariza as atenções e desperta nos amigos a vontade de participar do acontecimento que vai fechar com chave de ouro a agenda social de 2017. E eu, naturalmente, alinhavo pautas que alimentam as conversas em sociedade, abrindo inclusive o meu implacável arquivo, compartilhando registros que mexem com as lembranças e, consequentemente, com a emoção. Iniciei com a foto de Regina Melo, em seguida, com a de Alessandra Iague Molina e até o dia da festa pretendo selecionar fotos dos melhores momentos que registro desde 1975. Olha, é tempo. E esse tempo de trabalho começa a ser celebrado como manda o figurino, porque, como festeiro experimentado que sou, continuo achando que o melhor da festa é mesmo esperar por ela. Faço a minha parte e o universo se encarrega de fazer a dele. Planto com satisfação e a colheita virá naturalmente.  E, como não poderia deixar de ser, em clima de conquistas , desejo um bom feriado a todos. O meu com certeza, será produtivo. Melhor, uno o útil ao agradável. Trabalho e relaxo.

Outras Notícias



Blogs


Não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos artigos dos blogs, a responsabilidade é de seus respectivos autores.