O Caderno W se renova

Postado em 08 de agosto de 2017

Hoje acordei pensando no valor da vida. Por isso postei em minha página no Face, Ame hoje, Perdoe hoje. demonstre hoje, por exemplo, o quanto você gosta das pessoas. Se envolvendo mais com elas. Não deixe para amanhã, porque o mesmo poderá não existir. Nesta existência tudo é passageiro. E se não tomarmos rédeas de nossa vida, renovando as opiniões, administrando-as com cada vez mais leveza e desapego o estresse é inevitável, e as doenças surgem e nos destroem, nos levam embora. De uma coisa eu tenho certeza, vivo o melhor momento. A maturidade chegou e com ela muitas conclusões. O fato de abrir a consciência e perceber o mudo ao redor com outros olhos, com olhos cada vez menos preconceituosos, gera um joie de vivre muito grande. Eu tenho experimentado essa sensação ao perceber que as portas se abrem e me cabe agora só tomar posse do que é meu, fruto de um trabalho desenvolvido sempre com muito amor. Ninguém permanece 42 anos no ar se não tiver uma história bem construída…rs… E nessa vibe, o Caderno W segue o seu curso de renovação. Hoje, à tarde, tenho uma reunião com o Felipe Martins, da DotStore. Já agradeci ao Rafael Cebola, da ActMob, a parceria que durou 5 anos, e parto para um novo momento do Caderno W, engatando uma nova parceira, agora com a Boigy.com, um braço da DotStore, especializada na criação de sites. E se Deus quiser, na festa do final de ano, que ainda estou acertando os detalhes, quando os tiver, é claro, vou compartilhar, celebro com os amigos o novo portal do Caderno W, totalmente repaginado. Confesso, trabalho neste sentido e o universo conspira a meu favor. Encerro esse texto pensando o quanto a vida é boa, mesmo com as tristezas que ocorrem de vez em quando e nos chacoalha. que a vida é o melhor presente. Com vida materializamos os sonhos. Portanto, vamos viver, livres, leves e soltos, como tenho vivido ultimamente e com a maior satisfação.  E o valor da vida hoje é outro. Have a nice day!

Blogs


Não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos artigos dos blogs, a responsabilidade é de seus respectivos autores.