Após o envolvimento de quatro jovens moradores do Condomínio Aruã numa ocorrência policial no início de março, que resultou na morte de três e deixou um gravemente ferido, uma grande mobilização está sendo feita pela diretoria e moradores do residencial para a realização do “Rock pela Paz”, um evento que chega não apenas como mais uma atividade de entretenimento, mas também para deixar uma mensagem de reflexão sobre a tragédia. O evento está marcado para este sábado (06/05), das 15 às 22 horas, e é voltado para os moradores do Aruã.

De acordo com o diretor de Eventos Sociais do Aruã, Paulo Boccuzzi, a temática foi desenvolvida para agradar jovens e adultos, trazendo uma mensagem de paz e união, por meio da arte e da música. “No entanto, queria ressaltar que o evento não é para passar a mão na cabeça e vitimizar ninguém, muito menos fazer a demagogia oposta. Queremos valorizar a vida, mostrar que há um caminho do bem”, esclarece.

Desta forma, Boccuzzi frisa que a ideia é falar do assunto de uma maneira leve, pensando no que se pode fazer daqui para frente para a promoção de mudança neste cenário. Trata-se de um convite para o diálogo entre pais e filhos. “Essa é a essência que queremos passar, por meio de atrações sempre tematizadas e trabalhando essa questão da reflexão, sem abrir mão da diversão”, completa.

Além disso, como têm sido todos os eventos realizados no Aruã, o Rock pela Paz tem o lado assistencialista, já que 100% da comercialização de alimentação será revertida para cinco instituições de caridade e causas assistenciais.

Atrações

Serão dois palcos com muita música e atrações diferenciadas ao longo do evento. No palco “Rock & Paz”, vão se apresentar quatro bandas de rock, punk rock e rap, lideradas por moradores do Aruã e do Ecopark, como o Márcio, da banda Harumi, Marcelo, da Vexus, Celso, da Murrugas, e Boechat, da banda GoldenCrew. O mesmo palco contará com apresentações ao estilo sarau, acompanhando o tema “Versos de um Mundo Melhor”, além de música e dança com Queen “Love of my life”.

No palco “Mundo”, muita música eletrônica, rap, hip hop e funk, com balada neon, DJ, iluminação em laser e telão. Além disso, o evento terá seis tendas de alimentação, decoração ao estilo luau, com voal, redes, palets, velas e tochas, além de feira de artesanato e espaço kids.

Durante todo o evento, o artista plástico Jorge Soliano irá desenvolver ao vivo o painel “Futuro e Paz”, que será criado com a ajuda do público. Uma arte eternizada por milhares de mãos, que ficará naquele pedacinho do Aruã. “Os eventos promovidos pela associação contam sempre com o apoio de uma equipe de moradores engajados. Sem estes especiais amigos e vizinhos nada disso seria possível”, finaliza.