Um dos grandes desafios para as escolas tem nome: bullyng.  Utilizado para descrever atos de violência física ou moral, intencionais e repetidos, o fenômeno, muitas vezes, pode ser confundido como uma “brincadeira”.

Para combater e conscientizar os alunos, a Escola Estadual (E.E.) Professora “Leonor de Oliveira Mello”, no bairro do Mogilar, em Mogi das Cruzes, conta com o projeto “Parceiros da Escola”, por meio do qual são abordados temas, além do bullying, como cyberbullying, violência doméstica, discriminação e preconceito, Lei Maria da Penha, drogadição, saúde e prevenção, cultura de paz, dentre outros. A unidade escolar tem aproximadamente 500 alunos, com a faixa etária entre 11 anos e 15 anos, que cursam 6º, 7º, 8º e 9º Anos.

A diretora da unidade escolar, Ana Aparecida Bilia, fala sobre o projeto realizado ao longo do período letivo: “Os temas são abordados durante o ano e para que eles ocorram, com grande sucesso, nós contamos com parceiros, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – subseção de Mogi das Cruzes; Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Mogi das Cruzes, Clube Lions Mogi das Cruzes, Polícia Militar, pais da comunidade, grêmio estudantil e especialistas, que são convidados para falar sobre os temas. São eles que fortalecem o vínculo com a nossa escola”.

Dentro da proposta, recentemente, a escola promoveu uma palestra com as psicólogas Luciane Torigoe e Andreza Lara, ambas da APAE de Mogi das Cruzes, que teve grande participação dos jovens estudantes, que ‘são ouvidos de uma maneira especial’, como diz a diretora: “Eles expõem suas angústias, medos, fraquezas e até mesmo fazem desabafos em um papel em branco que nós damos a eles, que não precisam se identificar. Em seguida, o professor, em uma roda de conversa, media os conflitos ali elencados. A solução é dada pelos próprios alunos, igualmente apresentada por meio da escrita”.

Após toda essa explanação, o professor faz um levantamento sobre quais temas os alunos gostariam que fossem abordados por meio do projeto. “A direção da unidade escolar entra em contato com os parceiros, que se engajam para promover palestras mais dinâmicas e até mesmo realizam atividades em grupo para que todos saíam com o entendimento que buscam para lidar com os problemas”.

O projeto é desenvolvido por todo o ano letivo. “O saldo tem sido bem positivo, com características benéficas aos alunos, em sua maioria adolescentes, fase da descoberta e da indecisão. Eles precisam, portanto, de orientações em todos os sentidos”, diz a diretora.

No dia 17 de outubro, dentro do projeto, foi realizada a palestra “Escola Segura e Vizinhança Solidária”, com a presença de representantes do Conselho Comunitário de Segurança (CONSEG) e da Polícia Militar, e que teve como palestrante o major Galvão Júnior.

A E.E. Professora Leonor de Oliveira Mello está localizada na rua Maria Joaquina de Jesus, 641, no Bairro do Mogilar. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4790-1922.