natura hidrata dentro 2801

Em se tratando de hidratação, quem não quer estar por dentro de como manter a pele macia e com aspecto saudável? Com seu tecido constituído por 75% de água, o estado natural da pele é perder o líquido para o ambiente, especialmente no verão. Nesta época, além de transpirar mais, as pessoas ficam expostas aos raios solares, ao vento e ao ar condicionado.

“Todos estes fatores, somados no dia a dia, promovem a desidratação da pele, que consequentemente perde vitalidade, maciez e saúde. Para repor a camada lipídica que protege o organismo da perda de água, os hidratantes são aliados”, esclarece a consultora médica da Natura, Raquel Toyota.

O fato é que muitas dúvidas ainda permanecem na hora de escolher qual a melhor opção para nutri-la e deixá-la sedosa. Segundo Raquel, a maneira de hidratar a pele do corpo vai depender das necessidades e dos gostos de cada um. “A primeira dica é escolher a forma de hidratação de acordo com as necessidades, como grau de hidratação, ressecamento e brilho, que estão diretamente associadas aos tipos de pele (normal, seca e extrasseca). Portanto, para os diferentes gostos, há inúmeros produtos e modos de uso que entregam o benefício da hidratação”, explica.

Características de cada produto 

Óleos corporais
Possuem um mecanismo de hidratação por oclusão, ou seja, proporcionam a formação de barreira, evitando a evaporação da água que ocorre na epiderme (camada mais superficial da pele). Podem ser usados no corpo todo, com exceção da área do rosto. São ideais para quem tem pouco tempo, pois trazem hidratação, maciez e perfumação em um só produto.

Hidratantes corporais
Oferecem hidratação por umectação, ou seja, em sua composição são utilizados componentes que mantêm a hidratação na epiderme por adsorção de água. Eles aumentam o conteúdo de água da pele, geralmente, por dois mecanismos: através de ingredientes que captam e fixam a água na pele ou promovem a formação de um filme que impede a evaporação da água para o meio externo.

Leites/hidratantes de banho 
Apresentam o mecanismo dos óleos corporais, ou seja, hidratação por oclusão. Proporcionam a formação de barreira, evitando a evaporação da água que ocorre na epiderme (camada mais superficial da pele)

Particularidades de cada área do corpo

Raquel ressalta que, nas mãos, o uso de detergentes e produtos de limpeza pode prejudicar a pele, deixando-a mais ressecada. “Sendo assim, o ideal é utilizar luvas durante o uso destes produtos e manter a mão hidratada. A pele dos joelhos e dos cotovelos é sempre mais seca e áspera, pois tais regiões são submetidas a um atrito maior, o que favorece o ressecamento”, pontua.

Já a pele dos pés (por serem o apoio de todo o corpo e devido ao uso de calçados fechados e atividades físicas), tende a ser mais ressecada. “É recomendado realizar a esfoliação uma ou duas vezes por semana, para remover as células mortas e preparar a pele para receber o hidratante que, depois de aplicado, deixa a pele mais macia e suave ao toque”, ressalta.

Dicas para hidratação eficaz

– A pele deve ser hidratada pelo menos uma vez ao dia
– Os produtos para o rosto com proteção solar normalmente devem ser utilizados pela manhã. Já produtos para o corpo, em geral, são utilizados após o banho
– Produtos mais específicos, como creme para as mãos: o ideal é reaplicar várias vezes ao dia, conforme a necessidade.
– Os hidratantes devem ser passados em movimentos ascendentes e circulares