mãos dentro 2110

A infectologista pediátrica Fabianne Carlesse, membro da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), esclarece que – embora simples – o gesto de higienizar as mãos pode prevenir diversas doenças, principalmente em pacientes com câncer, que possuem o sistema imunológico debilitado devido ao tratamento, o que torna o risco de adquirir infecção maior.

Segundo ela vírus, fungos e bactérias estão em toda parte. “Ao longo do dia tocamos em objetos que contêm inúmeros microrganismos e podem passar para as nossas mãos. No momento em que tocamos os olhos, nariz, boca e mesmo a comida eles conseguem entrar em nosso corpo e causar infecções e doenças como a gripe, por exemplo”.

A higienização das mãos foi consagrada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma das seis metas de segurança do paciente. A prática tem como objetivo a remoção de sujidade, suor, oleosidade, pêlos, células descamativas e da flora da pele, interrompendo assim a transmissão de infecções veiculadas ao contato.

Aprenda quando higienizar as mãos:

1 – Sempre que chegar da rua e quando suas mãos estiverem visivelmente sujas
2 – Antes de preparar as refeições
3 – Após usar o banheiro, trocar de fraldas ou levar crianças ao banheiro
4 – Antes e após cuidar de crianças que estão doentes
5 – Após assoar o nariz, tossir ou espirrar
6 – Após brincar com animais de estimação
7 – Após mexer no lixo, jardim ou limpar a casa
8 – Antes e após o cuidado de feridas
9 – Antes e após administrar medicações
10 – Após mexer ou lidar com dinheiro

Conheça dez medidas especiais de higiene que os pacientes oncológicos devem manter para evitar doenças que ocorrem por contato direto:

1 – Higienização adequada das mãos
2 – Higienização adequada dos alimentos a serem ingeridos
3 – Manter unhas limpas e curtas
4 – Evitar levar objetos a boca
5 – Pais de crianças pequenas devem ter atenção especial ao cuidado e esterilização de mamadeiras e chupetas
6 – Não compartilhar objetos que não podem ser higienizados
7 – Evitar ambientes fechados
8 – Atentar-se para a presença de paredes mofadas dentro de casa
9 – Não ingerir alimentos que não saiba a procedência
10 – Evitar contato com pessoas doentes como, por exemplo, gripadas.