As tradições culturais, a língua oficial e a arquitetura específica da Rússia. O país sede da Copa do Mundo é o tema da festa junina do Colégio Brasilis em 2018. O tradicional evento ocorre neste sábado (16/6), a partir das 15 horas, na unidade II (Rua José Colela, 211, no Alto do Ipiranga). Alunos das unidades I, II e III, vão participar da festa com danças típicas, culinária e muita diversão. Familiares e amigos também aguardam ansiosos pela comemoração junina.

Para entrar no clima da Rússia, as dependências do colégio vão receber uma decoração temática especial. Entre os destaques, estão diversas “matrioskas” (bonecas artesanais típicas da cultura russa) coloridas e, muitas delas, feitas pelos próprios alunos. O brinquedo tradicional chama a atenção por ter várias bonecas uma dentro das outras. As matrioskas simbolizam a ideia de maternidade, amor e amizade.

A festa junina vai ter ainda com danças típicas inspiradas na cultura da Rússia.

O Colégio contará com a participação do Grupo de Danças Folclóricas da Rússia – ISBÁ, que possui o apoio do Consulado Geral da Rússia em São Paulo e é reconhecido pela comunidade radicada no Brasil como importante na divulgação da milenar cultura russa.

Entre as apresentações de danças do Colégio, estão Masha e o Urso (desenho animado russo, que conta a história de um urso que vive na floresta), Lago Baikal (fica no Sul da Sibéria, maior lago de água doce da Ásia), Gzhel (área pitoresca próxima a Moscou, onde se produz muita porcelana russa) e Kalinka (uma conhecida música russa). Os alunos vão usar figurinos específicos confeccionados especialmente para o evento.

Apresentações de danças caipiras e o tradicional “quadrilhão” também fazem parte da programação. As barracas com comidas típicas, como churrasco, pipoca, maçã do amor e vinho quente, são atrações esperadas por todos, além do espaço para brincadeiras, como pescaria e correio elegante.

Para preparar a comemoração, o Colégio Brasilis realizou uma ampla pesquisa sobre o país sede da Copa. As tradições culturais e a língua oficial russa vão estar presentes em cada detalhe da confraternização. A cada ano, a direção escolhe um tema para a festa junina. Desta forma, é possível trazer mais conhecimentos e envolver cada vez mais os alunos.